Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Músico parnaibano faz empréstimo, compra instrumentos e dá aulas na periferia

Há 12 anos José de Jesus percorre bairros de Parnaíba levando arte. Hoje cerca de 60 crianças e adolescentes são beneficiados pelo projeto.

A paixão pela música tem transformado a realidade de crianças e adolescentes na cidade de Parnaíba, Litoral do Piauí. Músico e professor, José de Jesus Costa fez um empréstimo para comprar os instrumentos e conseguir estrutura para atender meninos e meninas em bairros da periferia. As aulas são ministradas há 12 anos, mas só em junho do ano passado o projeto conseguiu formar a Orquestra Parnaíba e hoje o grupo vem se apresentando em vários eventos.

José conta que teve a ideia de montar a orquestra quando ainda era professor de música em uma instituição particular. Ao ficar desempregado, o músico lembra que conseguiu se manter com o que recebeu de indenização e chegou a fazer o empréstimo para garantir a compra dos instrumentos musicais. Hoje a escola que funciona de forma itinerante e conta com um xilofone, 15 metalofones, 10 escaletas, 50 flautas doce, 35 violinos, sete violas de arco, seis violoncelo e três contrabaixos acústico. Os instrumentos são usados tanto nas aulas coletivas como individuais.

?Tudo que eu faço é por amor a música e para beneficiar os alunos que não têm condição de adquirir um instrumento musical, além disso, o que eu faço beneficia também a sociedade parnaibana, pois os alunos que frequentam as aulas de música não estão na rua trabalhando ou se envolvendo na criminalidade?, avalia José de Jesus.

De maneira alguma penso em deixar esses meninos. São muitas crianças carentes e que não teriam condições de ter essas aulas de música se não existisse o projeto``

No entanto, o parnaibano conta que não é tarefa fácil manter financeiramente sozinho o projeto. A parceria que a orquestra tem é com as escolas públicas que disponibilizam o espaço para as aulas e ainda cinco voluntários que ajudam José de Jesus. Na casa do músico as despesas são quase todas pagas com o salário da sua mulher, mas apesar das cobranças e dificuldades ele não pensa em desistir. ``De maneira alguma penso em deixar esses meninos. São muitas crianças carentes e que não teriam condições de ter essas aulas de música se não existisse o projeto?, diz.

Para ter acesso às aulas de música, crianças e adolescentes precisam estar matriculados na escola e ter boas notas. José Jesus acredita que o número de estudantes na Orquestra Parnaíba poderia ser ainda maior caso ele contasse com patrocínio da iniciativa privada.

?Nós ainda não temos uma escola fixa para ministrar as aulas de música e percorremos as comunidades contando com a ajuda dos diretores de escolas públicas que acabam disponibilizando as salas para as nossas aulas e assim estamos tocando o projeto?, contou.

Mesmo sendo recém?criada , a Orquestra Parnaíba já fez apresentações em alguns eventos que reúnem grande público. A última delas aconteceu sexta-feira (5) no Festival da Rabeca, realizado na cidade de Bom Jesus, Sul do estado. Para o show foram selecionados 26 integrantes.

A ideia do músico é expandir o projeto e poder mostrar os talentos descobertos pela Orquestra Parnaíba para o maior público possível. José de Jesus conta ainda com a ajuda de cinco voluntários

    Fonte: Patrícia Andrade do G1
    Foto: Patrícia Andrade do G1
    Edição: Walter F Fontenele
    Postada dia 08/09/2014 às 21:21