Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Artilheiro do Piauiense sofreu bullying na escola, passou de primeira na OAB e quer ser delegado

Marciano, do River-PI, é um atacante implacável. Artilheiro e campeão do Campeonato Piauiense, ele, em breve, também vai poder mandar "prender" e "soltar" a bola à vontade.

E ai de quem não respeitar!

É que o centroavante, além de jogador de futebol, é advogado formado (inclusive aprovado de primeira na OAB) e Policial Civil. Seu grande sonho é ser delegado, como o pai.

"Fui para Juazeiro do Norte fazer faculdade de direito, aproveitei que tinha o Icasa na cidade, fiz um teste e fui aprovado. Assim, começou minha trajetória de jogador e advogado".

No Ceará, Marciano fez sucesso atuando pelo time alviverde, e é até hoje o maior artilheiro da história da equipe, com 88 gols. A faculdade, porém, teve que ser interrompida em 2004, logo após ele terminar a Série C como artilheiro.

"Tiver que trancar meu curso, pois me transferi para o Coritiba. Depois, ainda joguei no Brasiliense e no Remo. Em 2009, voltei para o Icasa, quando conseguimos o acesso à Série B. Terminei meu curso, prestei a OAB e na primeira ocasião já passei. Fiquei muito feliz", relata.

"Recentemente, também passei em um concurso para a Polícia Civil da Bahia. Agora, continuo estudando para ser futuramente um delegado, assim como meu pai, que hoje já está aposentado", completou.

Campeão estadual no último domingo, após empate por 0 a 0 com o Piauí, no estádio Albertão, agora Marciano pensa na disputa da Série D com o time tricolor. Ele só será convocado para se apresentar na Academia de Polícia em novembro, quando terá que optar em continuar no futebol por mais alguns anos ou ingressar de vez no mundo da lei.

"Ainda dá tempo de disputar a Série D pelo River. Nosso objetivo é o acesso à Série C, para dar ao time um calendário completo no ano que vem. Só depois disso verei se vou ingressar na área jurídica ou ficar no futebol. Vai depender do momento. Tenho 33 anos, vamos ver o que acontece até o final do ano", disse.

No Piauiense, o centroavante terminou com 10 gols e levou a Chuteira e Ouro da competição, sendo aclamado por quase 30 mil torcedores que acompanharam a final. Foi o 28º título estadual da história do River.

Por Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN

    Fonte: Espn.com
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 29/05/2014 às 07:24