Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Unidos da Ponte é campeã do carnaval 2014 de Parnaíba

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Ponte é a campeã do Carnaval 2014 de Parnaíba. O samba enredo “Sob o Sol do Novo Mundo a Ponte Canta a Latinidade” garantiu a escola seu sexto título de campeã do carnaval. A escola venceu com 99,5 pontos, faturando o prêmio de R$ 50.000. O resultado foi divulgado por volta das 12h30 desta segunda-feira (03) na praça Mandu Ladino.

Em seguida veio a Império do Cais que garantiu 98 pontos, ficando em segundo lugar e com R$ 40.000 e a Nova Parnaíba no Samba ficou com a terceira posição, após serem contabilizados 97,5 pontos e a premiação de R$ 38.000.

A escola de Samba Unidos da Ponte foi fundada em 03 de outubro de 2003 e seu presidente é Paulo Nascimento. A Unidos da Ponte entrou na avenida com 600 componentes. Na primeira alegoria apresentou o símbolo da escola que é o caranguejo-uçá, que mostrou filhos de carnavalescos e da própria comunidade.

A bateria contou com 90 ritmistas. Entre seus destaques está a rainha de bateria Renata e a Rainha do Carnaval e madrinha da escola a Ludiana Sousa. Na segunda alegoria foi apresentado o aspecto da cultura inca, onde o mestre e a porta bandeira foram Sales e Maria Eduarda, respectivamente, com a fantasia ferro e fogo. Ainda foram ostentadas as Baianas senhoras do fogo.

A cultura lambaieque e a ala Cultivo de Grãos estiveram na terceira alegoria. Na terceira alegoria A Cidade Revelada e a ala Lírio Asteca. A Arquitetura Asteca, a ala Visão do Mundo Asteca e a ala Vozes Mariachis compuseram a alegoria cinco.

Com o samba enredo “Sob o Sol do Novo Mundo a Ponte Canta a Latinidade”, a Unidos da Ponte instigou a preservação da identidade cultural da América ao homenagear os povos pré-colombianos e suas raízes culturais que formaram novas raças. O nativo esteve na mensagem central.

Na avenida a escola fez referência a impérios, templos, cidades mágicas junto à relação do homem e a natureza. As histórias contadas são de senhores de guerra, cavaleiros da cruz e da espada, a ceifar mitos e crenças. Portanto, um paraíso profanado a ferro e fogo pelos olhos da cobiça.

    Fonte: Daniel Santos / Prop
    Foto: Walter F. Fontenele
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 03/03/2014 às 15:22