Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Fiscalização de paredões de som intimida e revolta proprietários

As ações de coibição do uso exagerado de equipamentos de som em carros estão sendo articuladas no litoral do Piauí. Inclusive proprietários de paredões de som estão se organizando para realizar uma atividade em protesto a proibição anunciada.

O inspetor Mário Augusto, chefe da Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Parnaíba, disse que, por conta do que foi divulgado na imprensa, muitas pessoas ligaram para a PRF para saber se seriam barradas na entrada de Parnaíba.

Mário confirmou a parceria com a Delegacia do Silêncio e afirmou que a Polícia Rodoviária Federal vai atuar segundo o que consta no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

O que será averiguado, em um primeiro momento pela PRF, é a documentação e os padrões dos equipamentos e será feita a retenção quando for o caso. A polícia vai se utilizar de um decibelímetro em suas atuações. Outros órgãos como o Ministério Público estão atuando para coibir o uso incorreto de equipamentos de som. Mais precisamente em Luis Correia é a Polícia Civil que vai fiscalizar o uso de som através do delegado Evaldo Farias, titular da Delegacia do Silêncio de Teresina.

Quanto a Lei do Silêncio em Parnaíba, esta foi aprovada por unanimidade e sancionada pelo prefeito Florentino Neto. O vereador Ronaldo prado, autor do Projeto de Lei, disse que a lei está sendo regulamentada. A medida vai coibir o uso abusivo de som. Ele defendeu a criação de um espaço próprio para os proprietários de paredões de som para que façam competições ou se reúnam em torno de suas atividades favoritas.

    Fonte: Daniel Santos / Prop
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 28/12/2013 às 15:40