Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Após fuga, preso é enforcado com lençóis dentro do presídio de Parnaíba

Crime aconteceu por volta das 9h desta segunda-feira (4) no banho de sol.
Fabrício dos Santos e Silva, 23 anos, cumpria pena por tráfico de drogas.


Um detento foi morto por volta das 9h desta segunda-feira (4) dentro de uma das celas da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina em Parnaíba, Litoral do Piauí. De acordo com o representante do Sindicado dos Agentes Penitenciários do Piauí, André Seixas, os cadeados da cela estavam arrebentados e o preso foi encontrado enforcado com lençóis. No mesmo presídio foi registrada a fuga de quatro presos no sábado (2).

Segundo o agente, o preso chegou a pedir para não participar do banho de sol na manhã desta segunda-feira porque outros detentos o estariam ameaçando de morte. “Um dos agentes de plantão deixou ele trancado na cela e foi chamar o chefe de grupo para tomar as medidas de segurança. Nesse intervalo de tempo, quando a guarda voltou, encontrou os cadeados arrebentados e ele morto dentro da cela”, relatou.


O preso morto nesta segunda-feira foi identificado como Fabrício dos Santos e Silva, 23 anos e teria sido transferido há pouco tempo da Casa de Custódia em Teresina para a Penitenciária Mista de Parnaíba, onde cumpria pena pro tráfico de drogas.

O crime aconteceu na cela 53 da Ala 4. Segundo o representante do Sindicato, a ala conta com 12 celas e tem capacidade para apenas 12 detentos, mas atualmente a lotação é de 30. “O procedimento correto seria o de colocar ele isolado em uma das celas de triagem, mas estas foram todas violadas durante a fuga registrada no sábado”, disse ainda o agente.

De acordo com a Secretaria de Justiça, a direção do presídio informou que pelo menos dois suspeitos de ter participado do assassinato já foram identificados. A perícia criminal foi acionada e o Instituto Médico Legal esteve na unidade para fazer a remoção do corpo.

Ainda de acordo com André Seixas, o Sindicato já havia alertado para as tentativas de homicídio dentro da penitenciária e solicitado medidas de segurança tanto para os agentes que trabalham na unidade, mas também para os próprios detentos.

Para Vilobaldo Carvalho, presidente do Sindicado, as mortes que estão acontecendo dentro dos presídios é um reflexo da fragilidade no sistema carcerário. “Na Penitenciária Mista de Parnaíba a capacidade é para 140 detentos, atualmente conta com mais de 300 presos. Além disso, temos outro agravante: são apenas oito agentes por plantão para dar conta desse tanto de detentos”, relatou.


No sábado (2) a Penitenciária Mista de Parnaíba registrou a fuga de quatro detentos. Os presos usaram uma barra de ferro para abrir o buraco e ainda conseguiram arrebentar dois cadeados dos portões que dão acesso à área externa no presídio. Os quatro foragidos são de alta periculosidade e cumpriam pena por assalto a banco e homicídio. Nenhum dos homens foram recapturados.

    Fonte: Patricia Andrade / G
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 04/11/2013 às 16:44