Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Falso advogado é preso suspeito de estelionato dentro do TJ do Piauí

O suspeito aplicou diversos golpes no interior do estado, diz polícia.
Homem usava identidades falsas e se passava por advogado.


Adalberto Jorge da Silva foi preso nesta terça-feira (29) no Tribunal de Justiça do Piauí, suspeito de aplicar diversos golpes no interior do estado usando identidades falsas e se passando por advogado, de acordo com a polícia. Ele foi preso quando tentava aplicar um golpe de R$ 30 mil em uma pessoa que mora na cidade de Lagoa Alegre, a 77 km de Teresina. Ele teria vendido um carro e entregaria o veículo hoje.


Segundo o major da PM Castelo Branco, os comerciantes são as principais vítimas do falso advogado e explica como Adalberto atuava. "O golpe era aplicado da seguinte forma: o homem dizia ser advogado para os comerciantes e que trabalhava no TJ ou na Assembleia Legislativa. Em seguida, ele afirmava que um cliente teria pago seus honorários com materiais de construção e por isso precisava vender os produtos. Alguns comerciantes sensibilizados compraram os materiais de construção, mas no momento da entrega o falso advogado sumia”, relatou.

O major contou também que há três meses um funcionário do TJ foi vítima de Adalberto e, desde então, o posto da Polícia Militar, responsável pela vigilância do tribunal, passou a monitorar a entrada dos visitantes.

“Na época, um funcionário do TJ reconheceu o falso advogado no circuito interno de imagens e após este episódio começamos a fiscalizar com mais frequência as imagens da segurança com o objetivo de identificar e prender o suspeito. Nesta terça-feira, ele apareceu e efetuamos a sua prisão”, disse Castelo.

O falso advogado foi encaminhado para a Central de Flagrantes. A polícia ainda não revelou quantas pessoas foram vítimas do suspeito de estelionato e o valor que recebeu através dos golpes. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI) afirma que Adalberto não é inscrito nos quadros da Ordem como advogado.

    Fonte: Gilcilene Araújo / G
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 29/10/2013 às 15:17