Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Pai de Fernanda Lages diz que inquÁ©rito mudou de rumo apÁ³s citaÁ§Á£o do nome de Jivago Castro

O inquÁ©rito que apurou a morte da estudante Fernanda Lages, ainda na fase da PolÁ­cia Civil passou a ficar tumultuado depois que uma sobrinha do ex-deputado JosÁ© Ribamar Pereira, o Cabelouro prestou depoimento colocando um novo personagem no cenÁ¡rio dos acontecimentos. A revelaÁ§Á£o Á© de Cassandra Lages, tia da estudante de direito.

Pauliene chegou a afirmar em depoimento a CICO, que certa vez foi apresentada ao engenheiro Jivago Castro, dono da construtora responsÁ¡vel pela obra do Tribunal Regional do Trabalho, por Fernanda Lages quando o engenheiro foi buscÁ¡-la em seu apartamento. Fernanda o apresentou a amiga como seu namorado. O delegado que presidiu o inquÁ©rito da PolÁ­cia Civil, Paulo Nogueira, desconsiderou o depoimento alegando que Pauliene Á© mÁ­ope.

Inconformados com os rumos que tomaram a investigaÁ§Á£o da morte de Fernanda Lages, o pai e a tia da jovem, Paulo e Cassandra Lages, concederam uma longa entrevista no Sistema O Dia, onde contaram detalhes dos bastidores da investigaÁ§Á£o. Cassandra diz que o inquÁ©rito ficou tumultuado a partir dessa revelaÁ§Á£o feita por Pauliene, amiga de Fernanda, sobre o engenheiro suposto namorado da jovem.

AlÁ©m da relaÁ§Á£o conturbada com os delegados e agentes, tanto da polÁ­cia civil, quanto da federal, Paulo Lages diz que em alguns momentos foi atendido com deboche pelo delegado da ComissÁ£o Investigadora do Crime Organizado (CICO), Paulo Nogueira.

“Teve um momento ainda na CICO que enquanto eu falava, ele fazia chacota do que eu dizia com expressÁµes faciais, na hora eu reclamei e a partir daÁ­ eu vi que nÁ£o havia seriedade na investigaÁ§Á£o”, comenta.

Com o Delegado Freitas da PolÁ­cia Federal, a relaÁ§Á£o nÁ£o melhorou, e o delegado chegou em alguns momentos a criticar o advogado da famÁ­lia e a pedir que os familiares de Fernanda nÁ£o o levasse mais nas suas idas a sede da PolÁ­cia Federal.

“Ele disse que o Dr Lucas era uma pessoa de outro planeta, inclusive disse que eu nÁ£o falasse isso a ele, e muitas vezes pediu que nÁ³s fossemos conversar com ele sem o Dr Lucas”, afirmou Paulo Lages.

Para Cassandra, tudo mudou apÁ³s o depoimento de uma jovem chamada Pauliane. “Ela que afirmou a polÁ­cia que Fernanda tinha um envolvimento com um jovem engenheiro de famÁ­lia poderosa aqui do PiauÁ­. NÁ³s da famÁ­lia, nunca culpamos ninguÁ©m, nunca fomos nas televisÁµes dizer que foi fulano ou beltrano, as pessoas que se apressaram em negar o crime”, afirma.

    Fonte: Portal Az
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 16/08/2013 às 10:45