Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Assassino de Glauco pode ir para casa, decide JustiÁ§a

A JustiÁ§a de GoiÁ¡s decidiu que Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, 27, assassino confesso do cartunista Glauco Vilas Boas e do filho dele, pode sair da clÁ­nica psiquiÁ¡trica e voltar para casa de seus pais.

A decisÁ£o foi dada anteontem pela juÁ­za Telma Aparecida Alves, da 4ª Vara de ExecuÁ§Áµes Penais de GoiÁ¢nia.

Segundo a juÁ­za, Cadu, que tem esquizofrenia, estÁ¡ apto a passar para o tratamento ambulatorial. Ele passou em junho pela avaliaÁ§Á£o de uma junta mÁ©dica do Tribunal de JustiÁ§a de GoiÁ¡s, que deu parecer favorÁ¡vel Á  liberaÁ§Á£o.

"MantÁª-lo internado seria sÁ³ se sentisse nele certa periculosidade. O problema Á© que as pessoas nÁ£o entendem que ele nÁ£o foi condenado, foi absolvido. Ele nÁ£o pode sofrer pena. Ele Á© louco", afirma.

"A medida de seguranÁ§a Á© sÁ³ para vigiarmos a questÁ£o da periculosidade. O que o mÁ©dico diz Á© que ele estÁ¡ tratado, estÁ¡ tranquilo e nÁ£o representa perigo para a sociedade", completa a juÁ­za.

Em abril, Alves jÁ¡ havia afirmado Á  Folha que a liberaÁ§Á£o era "questÁ£o de tempo", pois havia respaldo mÁ©dico.

Considerado inimputÁ¡vel (nÁ£o pode responder pelos seus atos), Cadu cumpriu o perÁ­odo mÁ­nimo de internaÁ§Á£o, estipulado pela JustiÁ§a do ParanÁ¡ em trÁªs anos.

O advogado de Cadu, SÁ©rgio Carvalho Filho, disse ontem que ainda nÁ£o havia sido comunicado da decisÁ£o, mas que seu cliente evoluiu no tratamento. "JÁ¡ passou da hora de ele ser liberado. Ele estava ocupando vagas de pessoas que realmente necessitam."

A famÁ­lia do cartunista Glauco contesta e diz que temer pela seguranÁ§a.

"Essa avaliaÁ§Á£o [de que nÁ£o oferece perigo] Á© muito subjetiva. Ele ficou na seguranÁ§a mÁ¡xima de Catanduvas, depois em um manicÁ´mio no ParanÁ¡. IncrÁ­vel que em GoiÁ¢nia ele tenha descoberto a cura", afirma Alexandre Khuri Miguel, advogado da famÁ­lia das vÁ­timas.

O CASO

Glauco e o filho dele, Raoni, foram mortos em Osasco (Grande SP), em marÁ§o de 2010. ApÁ³s ser reconhecido pela mulher de Glauco, testemunha do ocorrido, Cadu confessou o crime.

Segundo a polÁ­cia, ele estaria em surto psicÁ³tico, agravado por consumo de drogas.

Cadu conhecia a famÁ­lia por meio da igreja CÁ©u de Maria, fundada por Glauco e que segue rituais do Santo Daime, como uso de chÁ¡ alucinÁ³geno.

Declarado inimputÁ¡vel pela JustiÁ§a em 2011, ficou num complexo mÁ©dico penal no ParanÁ¡. No ano seguinte, foi transferido a GoiÁ¢nia.

LÁ¡, passou por clÁ­nicas vinculadas ao Programa de AtenÁ§Á£o ao Louco Infrator, da Secretaria de SaÁºde de GoiÁ¡s, conhecido pela posiÁ§Á£o antimanicomial.

O rapaz pode ser liberado nos prÁ³ximos dias, apÁ³s publicaÁ§Á£o da decisÁ£o. Segundo a juÁ­za, Cadu deve continuar em contato com psicÁ³logos, psiquiatras e assistentes sociais ligados ao programa.

"O processo dele vai ficar comigo, e todo mÁªs demanda um relatÁ³rio com uma evoluÁ§Á£o. Se daqui a 30 dias ocorrer um ataque, posso internÁ¡-lo novamente", diz.

Pitaco Nosso

Maravilha, sensacional, estupendo. NÁ£o tenho nem palavras para demonstrar o meu e o contentamento geral da sociedade.

Em um dos trechos da reportagem, Á© dito com todas as letras, "ele Á© louco" e por isso nÁ£o responde pelo seus atos. O cara mata pai e filho, diz-se louco, passa trÁªs anos em um hospital psiquiÁ¡trico e vem o advogado e diz: "Ele estÁ¡ tratado". Eu sinceramente nunca vi um ex-louco, que eu saiba a esquizofrenia nÁ£o tem cura, tem sim controle.

Agora fica uma questÁ£o vital. SerÁ¡ que na casa dos pais ele serÁ¡ controlado? SerÁ¡ que tomarÁ¡ os medicamentos na hora certa, SerÁ¡ que irÁ¡ deixar de usar drogas? Ou serÁ¡ que daqui hÁ¡ pouco tempo veremos esse marginal, louco ou nÁ£o, matando mais pessoas inocentes?

Brasil, digo sempre, nunca foi e estÁ¡ longe de ser um paÁ­s sÁ©rio.

PaÁ­s comandado por ladrÁµes e corruptos em todas as esferas da polÁ­tica, desde o Governo Federal Á s CÁ¢maras de vereadores de nossas cidades.

Se esse caso fosse nos EUA, esse vagabundo, com ou sem loucura, nÁ£o saia mais da cadeira, que Á© o lugar de quem pratica crimes, agora, no Brasil, lugar de ASSASSINO Á© na casa dos pais.


    Fonte: Globo.com
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 09/08/2013 às 11:21