Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Caso Talia: Jovem estava grÁ¡vida e polÁ­cia tem novo suspeito

A jovem Talia dos Anjos, 15 anos, morta degolada em Ilha Grande, estava grÁ¡vida. Foi o que constatou um mÁ©dico legista ao examinar o corpo. A Delegacia da Mulher de ParnaÁ­ba determinou, entÁ£o, a remoÁ§Á£o do Áºtero da adolescente para exames mais completos em Teresina, que possam precisar o tempo da gestaÁ§Á£o.

Segundo o chefe de investigaÁ§Á£o do 1º Distrito Policial de ParnaÁ­ba, Robson Castilho, a famÁ­lia da garota disse Á  polÁ­cia que nÁ£o sabia da gravidez nem quem seria o pai da crianÁ§a. AlÁ©m do Áºtero de Talia, tambÁ©m serÁ¡ encaminhado a Teresina um comprimido encontrado junto ao corpo da jovem.


A delegada da Mulher de ParnaÁ­ba, Maria de Jesus Pereira Bastos, pediu tambÁ©m a quebra do sigilo telefÁ´nico da adolescente. De acordo com a famÁ­lia, ela recebeu uma ligaÁ§Á£o antes de sair de casa na noite que antecedeu o crime. O celular da jovem nÁ£o foi achado na cena do crime.

A polÁ­cia chegou a ligar para o nÁºmero do telefone. AlguÁ©m atendeu e desligou, diz o chefe de investigaÁ§Á£o. Talia foi encontrada morta na manhÁ£ de ontem (3), no SantuÁ¡rio MÁ£e dos Pobres, no municÁ­pio de Ilha Grande.

Suspeitos:

Surgiram fatos novos no desenrolar da apuraÁ§Á£o. A polÁ­cia suspeitou, inicialmente, de crime passional, mas agora admite que possa ser outra a motivaÁ§Á£o do crime.

Dois suspeitos foram apontados a princÁ­pio: o ex-namorado da vÁ­tima e um homem que estaria interessado na garota, funcionÁ¡rio do Hospital Regional Dirceu Arcoverde, em ParnaÁ­ba.

A polÁ­cia passou a desconfiar tambÁ©m de outro homem, cuja identidade Á© mantida em sigilo para nÁ£o comprometer o andamento das investigaÁ§Áµes.

    Fonte: O Dia
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 05/07/2013 às 07:14