Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Arma feita em impressora 3D gera polÁªmica; no Brasil, construÁ­-la pode dar cadeia

Todos os arquivos do Defense Distributed e seus seguidores para a impressÁ£o de componentes de armas podiam ser encontrados e baixados em um site prÁ³prio, o DefCAD. O arquivo da Liberator foi baixado mais de 100 mil vezes em trÁªs dias.

Na Áºltima quinta, porÁ©m, os arquivos foram tirados do ar pelo Departamento de Estado dos EUA sob a alegaÁ§Á£o de que a distribuiÁ§Á£o dos arquivos viola a lei de importaÁ§Á£o e exportaÁ§Á£o de armas de fogo no paÁ­s.

Mesmo nos EUA, onde os cidadÁ£o podem fabricar e, com as devidas licenÁ§as, distribuir armas de fogo, a Liberator causou polÁªmica.

AlÁ©m dos questionamentos sobre o que significa dar potencialmente acesso a armas de fogo para qualquer pessoa, hÁ¡ preocupaÁ§Á£o com o fato de armas de plÁ¡stico nÁ£o serem flagradas por detectores de metal.

METAL LEVE

O Defense Distributed incluiu em sua versÁ£o da Liberator uma peÁ§a com 30 gramas de metal, suficiente para que seja detectada. Mas isso pode nÁ£o ser replicado por todos aqueles que decidirem montar suas pistolas.

No Brasil, aquele que decidir construir pistolas 3D violarÁ¡ o Estatuto do Desarmamento, que proÁ­be a fabricaÁ§Á£o de armas no paÁ­s. A pena Á© de quatro a oito anos de prisÁ£o mais multa.

"A pessoa poderia tambÁ©m ser enquadrada por posse e porte ilegal de armas", explica o advogado Leandro Bissoli. No caso da Liberator, que dispara muniÁ§Á£o de uso permitido, a pena Á© de dois a quatro anos e multa.

Para Hod Lipson, professor da Universidade Cornell especialista em impressÁ£o 3D, a Liberator traz um efeito positivo, e nÁ£o negativo, para a indÁºstria. "Agora podemos discutir a seguranÁ§a da impressÁ£o 3D", diz ele.

"Á‰ importante estarmos atentos se o que pode ser impresso Á© capaz de machucar crianÁ§as e hobbistas."

Armas 3D sÁ£o feitas de plÁ¡stico com termorresistÁªncia, como o ABS, e quebram depois de alguns disparos --se nÁ£o houver cuidado na construÁ§Á£o, porÁ©m, elas podem explodir na mÁ£o.

"Criminosos conseguem de forma mais fÁ¡cil e barata armas que sÁ£o resistentes", afirma Lipson.

    Fonte: Folha de S Paulo
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 13/05/2013 às 08:58