Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Mister Colibri o ouro de tolo da internet

Centenas de pessoas foram lesadas no municÁ­pio de Esperantina, atraÁ­dos pela promessa de ganhar dinheiro assistindo vÁ­deos na internet. O suposto esquema fraudulento teria sido realizado pela empresa Mister Colibri, que envia representantes a municÁ­pios de todo o Brasil para cadastrar clientes que seriam beneficiados em uma loja virtual, que nunca foi criada.

O cliente seria beneficiado em cada vÁ­deo visualizado, acumulando "moedas virtuais", que poderiam ser trocadas por dinheiro ou mercadorias. A moeda de troca prÁ³pria Á© chamada de LP e ELP.

De acordo com o delegado Lucas Craveiro, cerca de 400 pessoas foram lesadas em Esperantina e outras centenas tambÁ©m em ParnaÁ­ba. "Os clientes disseram que pagaram mais de R$ 2 mil para se cadastrar e ganhar uma senha atravÁ©s da qual poderiam ter acesso ao sistema onde visualizariam sites de grandes multinacionais e ganhariam dinheiro com isto", explicou.

No site da Mister Colibri, grandes empresas como PeG, Unilever, GM, NestlÁ© entre outras, que nÁ£o tem relaÁ§Á£o com o suposta fraude, sÁ£o utilizadas para atrair os clientes.

O material de divulgaÁ§Á£o no site da Mister Colibri conta tambÁ©m que a empresa veio para "resolver o problema das grandes corporaÁ§Áµes". Multinacionais estariam dispostas a pagar enormes quantias de dinheiro em troca de um "pÁºblico fiel" para suas propagandas. Esse dinheiro da publicidade seria o responsÁ¡vel pela "alta remuneraÁ§Á£o" dos associados.

Lucas Craveiro explica ainda que a polÁ­cia agora tenta impedir que outras pessoas tambÁ©m sejam vÁ­timas do suposto golpe. "Alguns clientes foram lesados e estÁ£o em depressÁ£o. Pediram dinheiro emprestado para entrar no negÁ³cio que nÁ£o tÁªm retorno", finalizou o delegado.

    Fonte: Cidade verde
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 07/05/2013 às 21:34