Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


ReligiÁ£o motivou atentado em Boston, diz suspeito Á  polÁ­cia americana

BOSTON - O americano de origem chechena Dzhokhar Tsarnaev, acusado do atentado Á  Maratona de Boston, que deixou trÁªs mortos na semana passada, disse aos investigadores que ele e seu irmÁ£o, Tamerlan, nÁ£o tinham contatos com grupos terroristas, mas executaram o ataque por motivos religiosos.

Um funcionÁ¡rio do governo disse Á  imprensa que Tsarnaev - em declaraÁ§Áµes por escrito e gestos da cabeÁ§a, expressou aos investigadores que ele e seu irmÁ£o nÁ£o tinham contato com grupos terroristas.

Tsarnaev, que sofreu ferimentos na boca que o impedem de falar, tambÁ©m indicou que ele e seu irmÁ£o planejaram os ataques por conta prÁ³pria e motivados pelo islamismo radical.

O FBI informou que os dois suspeitos, que detonaram nas ruas de Boston duas bombas confeccionadas com panelas de pressÁ£o, tinham armas de fogo, muniÁ§Á£o e outros artefatos explosivos.O arsenal sugere que os suspeitos planejavam outros ataques.

Ontem, um juiz federal foi ao hospital onde Tsarnaev, de 19 anos de idade, recebe atendimento pelos ferimentos que sofreu em seus confrontos com a polÁ­cia, leu seus direitos e o acusou de "uso de arma de destruiÁ§Á£o em massa" contra pessoas e propriedades.

Tamerlan, de 26 anos de idade, morreu na noite de quarta-feira para quinta-feira passada durante um tiroteio com a polÁ­cia dois dias depois que duas bombas foram detonadas na reta final da maratona.

Desde a semana passada, pessoas que conheciam os irmÁ£os Tsarnaev disseram Á  imprensa que Tamerlan havia adotado hÁ¡ cerca de cinco anos uma posiÁ§Á£o islÁ¢mica extremista. / EFE

    Fonte: Estadão
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 23/04/2013 às 12:21