Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Suspeito do caso Priscila Belfort volta a ser preso, e Vitor pede justiÁ§a

O misterioso caso do desaparecimento - e suposta morte - de Priscila Belfort, irmÁ£ do lutador do UFC Vitor Belfort, ganhou um novo capÁ­tulo esta semana. Suspeito de participar do sumiÁ§o de Priscila em janeiro de 2004, Leandro Ferreira Fernandes, mais conhecido como "Periquito", foi preso nessa segunda-feira pela PolÁ­cia Civil enquanto atuava como manobrista no Centro do Rio de Janeiro, e levado para a 25ª Delegacia de PolÁ­cia, no Engenho Novo. Periquito, que jÁ¡ esteve preso anteriormente, ganhou em 2010 o benefÁ­cio da visita periÁ³dica ao lar, mas nÁ£o retornou Á  cadeia em uma dessas visitas e, por isso, foi considerado evadido. Ele tinha quatro mandados de prisÁ£o pendentes, por homicÁ­dio e trÁ¡fico.


De acordo com as investigaÁ§Áµes, Priscila foi sequestrada no dia 9 de janeiro de 2004 quando saÁ­a do trabalho e levada ao Morro da ProvidÁªncia, onde teria sido executada e esquertejada por um grupo de traficantes da Á¡rea. Mas nunca houve uma versÁ£o oficial. O inquÁ©rito, que estÁ¡ na DivisÁ£o Anti-Sequestro, nÁ£o chegou a ser arquivado e corre em total sigilo. O SPORTV.COM tentou contato a DAS, mas ouviu da Assessoria de Imprensa da PolÁ­cia Civil que eles nÁ£o poderiam se manifestar sobre o caso. JÁ¡ Rivaldo Barbosa, delegado titular da DivisÁ£o de HomicÁ­dios, admitiu a possibilidade de Periquito ser interrogado novamente sobre o desaparecimento de Priscila, uma vez que eles trabalham com a chance de ela ter sido assassinada.

Em conversa por telefone com a reportagem, Vitor Belfort mostrou alÁ­vio pela notÁ­cia da prisÁ£o e contou que Periquito, quando interrogado sobre o desaparecimento da sua irmÁ£ hÁ¡ alguns anos, jogou a culpa em Jairo Cesar da Silva Caetano, conhecido como Gerinho. O lutador criticou a JustiÁ§a brasileira:


- Existe muita injustiÁ§a na nossa JustiÁ§a, Á© por isso que quem nÁ£o acreditar na justiÁ§a de Deus estÁ¡ perdido. Minha mÁ£e tentou reabrir o caso da minha irmÁ£, e a polÁ­cia nao sabe nem onde se encontra o caso dela. Precisamos rever nossa JustiÁ§a.

Vitor afirmou que um esclarecimento vai ser importante principalmente para seus pais, Dona Jovita e Seu Belfort:
- Com certeza, porque a gente vai poder saber o que aconteceu, o cara vai ser interrogado. Vamos saber como foi, quem estava envolvido. Traz a justiÁ§a tambÁ©m, o alÁ­vio. Vamos saber o que aconteceu para enterrar o caso. Á‰ muito ruim ficar imaginando o que pode ter acontecido. Á‰ importante principalmente para minha mÁ£e e meu pai, que vÁ£o poder decidir isso dentro deles. Imagina nÁ£o saber o que aconteceu com seu filho.


O peso-mÁ©dio do UFC afirmou ainda que jÁ¡ resolveu o problema dentro de si prÁ³prio hÁ¡ bastante tempo e reforÁ§ou sua crenÁ§a em Deus para que a verdade finalmente apareÁ§a:
- Eu creio muito em Deus. Isso foi solucionado dentro de mim desde que aconteceu, foi um processo bem difÁ­cil, mas jÁ¡ tinha sido solucionado. Deus estÁ¡ no controle de tudo. Que a lei possa agora trazer essa soluÁ§Á£o na terra, para dar um descanso para minha mÁ£e e o meu pai, para o Brasil inteiro, para os meus amigos e os amigos da minha irmÁ£. Foi um caso em que ficamos muito sem saber o que aconteceu. Quando a gente decide dentro da gente, no espiritual, o natural vem depois. Que se faÁ§a justiÁ§a com o grupo, pois acredito que nÁ£o foi uma pessoa em si (que cometeu o suposto crime).

    Fonte: Globo.com
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 19/03/2013 às 17:21