Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Oficial: tetracampeÁ£o Jorginho Á© o novo treinador do Flamengo

Jorginho Á© o novo tÁ©cnico do Flamengo. Em uma negociaÁ§Á£o rÁ¡pida e que reforÁ§a as novas diretrizes do clube, o vice de futebol Wallim Vasconcellos e o diretor de futebol Paulo Palaipe acertaram a contrataÁ§Á£o do tetracampeÁ£o atÁ© o fim de 2014. Havia um acerto verbal entre as partes, mas uma reuniÁ£o neste domingo, no Rio, concretizou o acordo. Jorginho comeÁ§a a trabalhar jÁ¡ nesta segunda-feira (a apresentaÁ§Á£o oficial serÁ¡ Á s 11h) e estarÁ¡ na Á¡rea tÁ©cnica na partida contra o Boavista, sÁ¡bado que vem, no EngenhÁ£o.

O ex-lateral-direito, de 48 anos, foi escolhido por conta do perfil jovem e de identificaÁ§Á£o com o clube, e tambÁ©m por se encaixar nas novas diretrizes financeiras. Ele receberÁ¡ um salÁ¡rio na casa de R$ 300 mil, inferior ao de Dorival JÁºnior, que nÁ£o chegou a um acordo de reduÁ§Á£o salarial e acabou desligado na tarde deste sÁ¡bado.
- Jorginho Á© um profissional com larga experiÁªncia internacional, passagem pela seleÁ§Á£o brasileira, Á­ntegro, respeitado, com histÁ³ria no clube como jogador. Certamente Á© um Á³timo nome para o futebol do Flamengo - disse o vice de futebol, Wallim Vasconcellos, ao site oficial do Rubro-Negro.

Jorginho chega com o auxiliar AÁ­lton Ferraz, que tambÁ©m tem passagem pelo Flamengo. A diretoria vai contratar um preparador fÁ­sico que vai integrar a comissÁ£o tÁ©cnica permanente do clube. Via Twitter, o treinador se manifestou no fim da noite.
- Amigos, acertei um contrato de dois anos com o Flamengo! Muito feliz por retornar Á  naÁ§Á£o rubro-negra e preparado para esse novo desafio!!! - disse Jorginho.
O diretor de futebol rubro-negro, Paulo Pelaipe, celebrou o acerto.
- Esperamos que Jorginho tenha como treinador mesmo sucesso que teve como jogador, que faÁ§a histÁ³ria no Flamengo - declarou Pelaipe.

Ex-lateral-direito do Flamengo (campeÁ£o carioca em 1986 e brasileiro em 87) e da SeleÁ§Á£o (titular e ganhador da Copa de 1994), Jorginho iniciou sua carreira de treinador no mesmo clube no qual se tornou jogador profissional: o AmÁ©rica. Em 2005 e 2006, teve boa passagem pela equipe e ficou marcado por uma polÁªmica ao querer mudar o mascote do clube. EvangÁ©lico, ele tentou substituir o diabo por uma Á¡guia. Jorginho deixou a equipe para ser auxiliar tÁ©cnico de Dunga na SeleÁ§Á£o que acabou eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.
Pouco depois do Mundial, foi anunciado pelo GoiÁ¡s, mas acabou demitido dois meses depois, com o time praticamente rebaixado para a SÁ©rie B do Brasileiro. Em marÁ§o de 2011, acertou com o Figueirense e a equipe teve boa campanha no campeonato nacional, ficando perto de conseguir a vaga na Libertadores. Depois, ele acertou com o japonÁªs Kashima Antlers (clube que jÁ¡ tinha defendido como jogador) e ficou ao longo de toda a temporada 2012. LÁ¡, foi apenas o 11º colocado no Campeonato JaponÁªs, mas levou o tÁ­tulo da Copa da Liga Japonesa.
No inÁ­cio do mÁªs, ele visitou os centros de treinamento de Barcelona e Real Madrid "em busca de reciclagem".
O vÁ­deo acima mostra imagens de Jorginho nos tempos de Flamengo e SeleÁ§Á£o. O entÁ£o jogador comenta, em 1992, sobre o prÁªmio que recebeu da Fifa como futebolista mais disciplinado do mundo naquele ano.

    Fonte: Globo.com
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 18/03/2013 às 07:10