Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


FelipÁ£o pensa em ‘fÁ³rmula’ para aproximar a SeleÁ§Á£o do povo

O tÁ©cnico Luiz Felipe Scolari revelou neste sÁ¡bado, logo apÁ³s o sorteio da Copa das ConfederaÁ§Áµes, que a comissÁ£o tÁ©cnica, juntamente com os jogadores, tentarÁ¡ criar uma “fÁ³rmula” para aproximar a seleÁ§Á£o brasileira do povo.

- Os atletas sÁ£o os portadores desse ambiente. Eles podem ajudar para que nÁ³s tenhamos um ambiente mais alegre, de confraternizaÁ§Á£o, entre a SeleÁ§Á£o e a populaÁ§Á£o. Vamos estudar algumas fÁ³rmulas.

No evento realizado no PalÁ¡cio das ConvenÁ§Áµes do Anhembi, em SÁ£o Paulo, o Brasil conheceu os trÁªs adversÁ¡rios da competiÁ§Á£o: JapÁ£o, no dia 15 de junho, em BrasÁ­lia; MÁ©xico, no dia 19, em Fortaleza; e ItÁ¡lia, no dia 22, em Salvador. Para FelipÁ£o, a intenÁ§Á£o Á© ter o torcedor mais prÁ³ximo no torneio em 2013.

- O resgate popular Á© uma situaÁ§Á£o que vamos trabalhar com a comissÁ£o tÁ©cnica de uma forma que a gente possa fazer com que a populaÁ§Á£o esteja mais envolvida, acreditando mais, estando mais presente nos estÁ¡dios, atÁ© com um pouco mais de carinho, que tambÁ©m serÁ¡ dado por nÁ³s – afirmou o treinador.

Na coletiva, FelipÁ£o falou ainda da ordem dos jogos do Grupo A, do confronto contra o MÁ©xico, que tem dado trabalho para a SeleÁ§Á£o nos Áºltimos anos, e das mudanÁ§as na maneira de trabalhar de 2002 para 2012.

Confira abaixo os principais trechos da coletiva de FelipÁ£o:


AnÁ¡lise dos adversÁ¡rios


Neste momento, eu nÁ£o tenho como dialogar com vocÁªs sobre equipes, jogadores e uma sÁ©rie de detalhes. Estou no cargo hÁ¡ apenas trÁªs dias. Tanto eu quanto o Parreira (coordenador tÁ©cnico) nÁ£o tivemos tempo para montar uma equipe de trabalho em cima de nomes. Portanto, a partir da prÁ³xima semana nÁ³s vamos ficar bem Á  vontade para definirmos algumas situaÁ§Áµes visando a Copa das ConfederaÁ§Áµes.

Duelo com o MÁ©xico


Representa para nÁ³s uma possibilidade de jogar e ver onde estamos errando contra esse adversÁ¡rio. Á‰ importante em relaÁ§Á£o Á  classificaÁ§Á£o para as semifinais. E, claro, jÁ¡ temos um certo desconforto em relaÁ§Á£o a eles.

Conquistar o povo


O resgate popular Á© uma situaÁ§Á£o que nÁ³s, neste momento, vamos trabalhar junto com a comissÁ£o. Fazer com que a populaÁ§Á£o esteja mais envolvida, acreditando mais, presente nos estÁ¡dios, atÁ© com um pouco mais carinho. Vamos estudar para que possamos ter um ambiente de alegria para confraternizar torcida e jogadores.

Tabela do Grupo A


A ordem dos jogos nÁ£o muda nada para nÁ³s. SÁ£o equipes fortes de qualquer jeito. NÁ£o tem essa de grupo da morte. Á‰ um grupo forte, do jeito que queremos. Se passamos a vocÁªs e Á  populaÁ§Á£o que queremos partidas difÁ­ceis, com adversÁ¡rios que nos coloquem em xeque, Á© importante ter competidores nessas condiÁ§Áµes.

Base da SeleÁ§Á£o


Venho falando sobre experiÁªncia e jovialidade. EntÁ£o, todos os atletas jovens e mais experientes tÁªm chance Á  medida que montarmos a comissÁ£o tÁ©cnica.

FelipÁ£o de 2002 x FelipÁ£o de 2012


NÁ£o tem muita diferenÁ§a, embora naturalmente, depois de 2002, eu tenha passado alguns anos na Europa, com passagem por Portugal, Chelsea... EntÁ£o, eu acredito que tenha um pouco mais de experiÁªncia, de vivÁªncia internacional. Isso tambÁ©m Á© importante para que faÁ§amos um bom trabalho na SeleÁ§Á£o.

* Participam da cobertura: Alexandre Lozetti, Bruno Neves, Leandro CanÁ´nico, Marcelo Baltar, MÁ¡rcio Iannacca e Rodrigo Faber

    Fonte: Globo.com
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 01/12/2012 às 19:14