Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


"Retirada dos feirantes das PraÁ§as Á© problemÁ¡tico" - diz vereador Bernardo Rocha

uma entrevista exclusiva ao blog do silva, o vereador Bernardo Rocha, do PSC, comentou alguns pontos da mensagem lida na CÁ¢mara Municipal pelo prefeito Florentino, na Áºltima sexta feira.

Segundo o vereador, foi muito tÁ­mida a mensagem do prefeito ao anunciar algumas medidas que deveriam ter sido tomadas jÁ¡ hÁ¡ algum tempo. “Apesar dele (Prefeito) estar apenas hÁ¡ um mÁªs e 20 dias na administraÁ§Á£o do municÁ­pio, Á© conhecedor de tudo da prefeitura nestes Áºltimos 8 anos, desde que foi secretÁ¡rio de Governo nos primeiros 4 anos da gestÁ£o JosÁ© Hamilton e depois como vice-prefeito”, destacou Bernardo Rocha.

GALPÁ•ES DO MERCADO DE FÁTIMA

Sobre a possibilidade de doaÁ§Á£o, por parte do municÁ­pio, de galpÁµes do Mercado do Bairro de FÁ¡tima, anunciada pelo prefeito, para o INSS construir um prÁ©dio, Bernardo Rocha se posicionou negativamente:”Ora, o INSS jÁ¡ estÁ¡ se desfazendo do seu patrimÁ´nio na cidade e nÁ£o Á© a Prefeitura que tem estrutura para doar algo do seu patrimÁ´nio ao governo federal. Aquela Á¡rea hoje tÁ£o abandonada, deveria ser ocupada por pessoas que precisam de espaÁ§o para trabalhar, montar suas oficinas, como Á© o caso do setor do artesanato. Se o prefeito nÁ£o quer deslocar para lÁ¡ os feirantes da PraÁ§a da Santa Casa, existem outras formas de ocupar aquele espaÁ§o”, disse o vereador.

obre a reafirmaÁ§Á£o do prefeito Florentino de construir um Centro de ConvenÁ§Áµes em ParnaÁ­ba Bernardo Rocha lembra que a cidade ainda Á© carente de um abatedouro municipal, de limpeza e higienizaÁ§Á£o nos mercados, que os Postos de saÁºde funcionem, e citou a visita que fez esta semana ao PSF do Olho D`Á¡gua, zona rural do municÁ­pio. “LÁ¡ faz nojo, a caixa d`Á¡gua estÁ¡ enferrujada, se desmanchando por fora; O PSF abandonado, com 5 Agentes de SaÁºde para atender a uma Á¡rea geograficamente grande. O sistema odontolÁ³gico nÁ£o funciona hÁ¡ muito tempo, atÁ© o gabinete dentÁ¡rio foi retirado, enfim, hÁ¡ toda uma vontade dos funcionÁ¡rios mas nÁ£o existem as condiÁ§Áµes necessÁ¡rias, porque jÁ¡ nÁ£o podem sequer se deslocarem para dar o atendimento na BaixÁ£o do AragÁ£o, Á¡rea tambÁ©m de responsabilidades dos mesmos agentes de saÁºde”, destacou Bernardo Rocha.

Perguntado se jÁ¡ levou tal situaÁ§Á£o ao conhecimento da secretÁ¡ria de saÁºde, Maria do Amparo, ele afirmou que inicialmente estÁ¡ fazendo um levantamento completo da situaÁ§Á£o, para elaborar um diagnÁ³stico a fim de levar ao conhecimento da Prefeitura. “Se formos agora perguntar como estÁ¡ a situaÁ§Á£o do funcionamento dos postos de saÁºde vÁ£o nos dizer que tudo estÁ¡ Á s mil maravilhas, daÁ­ estarmos fazendo primeiro este trabalho com muita responsabilidade, sem sensacionalismo ou alguma espÁ©cie de denuncismo”, acentuou.

FEIRANTES NAS PRAÁ‡AS

Bernardo Rocha disse tambÁ©m estar preocupado com a questÁ£o do deslocamento de feirantes do meio das PraÁ§as. Dizendo-se feirante por longos anos, ele afirma se tratar de um assunto problemÁ¡tico que chegou ao limite pelo descaso dos administradores municipais. “Á‰ o resultado da inoperÁ¢ncia. Foram deixando pessoas numa determinada Á¡rea da PraÁ§a, depois eles se apossam de outra Á¡rea e daqui a pouco se transformam em donos do espaÁ§o pÁºblico. Acontece nÁ£o sÁ³ nas PraÁ§as, como a da Santa Casa, como tambÁ©m no entorno do Mercado da Caramuru, onde existem pessoas que vivem vendendo espaÁ§o para bancas, loteando espaÁ§os, ocupando toda uma Á¡rea que era para estacionamento”, comenta o vereador.

Sobre a afirmaÁ§Á£o do prefeito de implantar em ParnaÁ­ba o sistema de transportes VLT – VeÁ­culos Leves sobre Trilhos, Bernardo Rocha foi taxativo:” Isso Á© uma contradiÁ§Á£o. A cidade nem linha de Á´nibus urbanos possui, porque a administraÁ§Á£o pÁºblica nÁ£o teve a capacidade sequer de dotar novamente a cidade do sistema de Á´nibus que jÁ¡ houve no passado”.

CRIVO NOSSO

Nobre Vereador Bernardo Rocha nÁ£o existe isso de querer ser dono do que Á© do povo. Á‰ simples, muito simples. Arruma-se um lugar - mesmo que provisÁ³rio - e retira-se todos os ambulantes sem exceÁ§Áµes, levando-os a esse local provisÁ³rio.

O nobre Vereador diz entender muito bem a questÁ£o – pois como vocÁª mesmo mencionou jÁ¡ foi um feirante por longos anos – deveria saber que PraÁ§as e outros logradouros pÁºblicos sÁ£o propriedade da cidade, de todos nÁ³s, e nÁ£o de meia dÁºzia de pessoas que tomam de conta e atÁ© vendem lotes como acontece hoje na PraÁ§a da Santa Casa.
NÁ£o queiramos reinventar a roda. Á‰ notificar, e no dia certo recolher tudo, levar pra esse local provisÁ³rio e colocar fiscalizaÁ§Á£o 24 horas para que outros, ou os mesmos, nÁ£o voltem a invadir novamente.

Nessas questÁµes delicadas o administrador nÁ£o pode ter mÁ£os de moÁ§a. Precisa impor sua autoridade - sem violÁªncia Á© claro - e vocÁªs vereadores precisam apoiar e nÁ£o ficar procurando cabelo em ovo.

    Fonte: Blog do Bernardo Sil
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 20/02/2013 às 11:02