Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Clima esquentou na votação da Moção de Repúdio contra o Prefeito Mão Santa

Na sessão ordinária da última quarta-feira (08) a Vereadora de oposição, Fátima Carmino (PT) tentou - sem sucesso - emplacar uma Moção de Repúdio contra o Prefeito de Parnaíba, Dr. Francisco de Assis de Moraes Souza (Mão Santa) baseada em áudios que circulam pela internet em que Mão Santa desrespeita professores da Escola Municipal Francisca Borges dos Reis, localizado no Bairro Frei Higino.

O requerimento gerou um debate acalorado que durou 55 minutos, tempo bem acima do estabelecido pelo Regimento Interno da Câmara para discussão de requerimentos. Fátima Carmino fez duras criticas ao Prefeito se colocando como representante dos professores. ``Se alguém errou não é dessa forma, com autoritarismo, que o prefeito deveria se posicionar. Nós não podemos ficar calados diante dessas injurias. Isso é o autoritarismo de quem se sente dono das pessoas``, destacou Fátima Carmino.

A Vereadora Neta Castelo Branco (DEM) utilizou seu tempo regimental para rebater a Vereadora Fátima Carmino exaltando os bons serviços prestados pelo Prefeito Mão Santa em prol da Educação de Parnaíba. ``Eu tenho um carinho muito grande pelos professores. O SINTE já se manifestou. Mão Santa é casado com uma professora e é irmão da Dona Cristina Moraes Souza, considerada uma das melhores professora de Parnaíba, por isso eu tenho certeza absoluta que o Mão Santa foi infeliz nas suas colocações, mas que ele não quis atingir a toda a classe de professores, como a Vereador Fátima tenta mostrar. Na verdade, o que a Vereadora Fátima Carmino quer com esse requerimento é simplesmente transformar essa sessão num palanque eleitoral. Quando uma Vereadora abre a boca pra falar que ``esse prefeito não merece ser mais prefeito de Parnaíba`` ela quer somente reviver a eleição. Eleição, Vereadora, se faz lá fora e não aqui dentro desta casa``, pontou Neta Castelo Branco.

O Vereador e líder do Governo, Carlson Pessoa (PPS) fez coro as palavras da Vereadora, Neta Castelo Branco. ``Gostaria antes de qualquer coisa saldar a todos os professores em nome da professora e Presidente do Sinte, Nadja Araújo. O palanque já foi montado, essa é a grande verdade. O mais interessante é que a Vereadora Fátima Carmino anda tão sem prestigio junto a sua categoria, já que ela é professora, que quase não temos professores nas dependências desta casa. Os que aqui estão vieram de forma legitima e correta e tem todo o meu respeito, como sempre tiveram. Tiveram sempre, desde a época da professora Rosalina Viana que ela, Fátima Carmino, aqui nesse plenário se calou. Não disse nada. A professora Rosalina Viana foi humilhada por um diretor contratado, foi execrada, foi colocada pra dar aula no pátio e a Vereadora, estranhamente, se calou mesmo se dizendo representante dos professores.``, frisou Carlson Pessoa.

``Essas atitudes da Vereadora Fátima Carmino provam apenas que essa Moção de Repúdio é politiqueira e que o seu palanque já estava montado desde o primeiro dia. O problema, Vereadora, é que a Senhora caiu no descredito até mesmo com a sua categoria. É por isso que eu considero essa Moção politiqueira. Moção legitima é a do Sinte, essa sim é legitima. Com relação ao Prefeito, eu concordo com a Senhora e tenho certeza que ele se manifestará publicamente. Acredito que essa atitude foi motivada por conta de um rompante de um ou dois casos isolados, mas nunca para atingir toda a classe de professores.``, disse.

Outros Vereadores se manifestaram a favor e contra a Moção de Repúdio da Vereadora, Fátima Carmino. O clima esquentou em alguns momentos principalmente quando o Vereador, Carlos Alberto Teles (Beto) sugeriu que o requerimento fosse retirado da pauta até que o Prefeito Mão Santa se manifestasse sobre o caso, mas foi voto vencido. Ao final, o requerimento foi rejeitado pela maioria dos Vereadores presentes. Votaram contra: Daniel Jackson, André Neves, Carlson Pessoa, Bernardo Lima, Neta Castelo Branco, Joãozinho do Trânsito, Da Paz e Irmão Marquinho. Votaram a favor: Fátima Carmino, Daniel Miranda, Ronaldo Prado, Beto e Diniz.

Fonte: Walter Fontenele
Foto: Walter Fontenele
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 09/05/2019 às 09:31