Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Clima esquenta entre o Presidente da Câmara e Vereadora Fátima Carmino

Na sessão ordinária da Câmara dos Vereadores desta segunda-feira (18), o Presidente do Legislativo, o Vereador Geraldo Alencar Filho - ``Geraldinho`` fez uma repreensão verbal contra a Vereadora Fátima Carmino (PT), com base no Artigo 251, Inciso II, do Regimento Interno da Câmara dos Vereadores, que versa sobre a falta do decoro parlamentar que, segundo o Presidente, aconteceu na terça-feira (12), durante uma Audiência Pública, convocada por Fátima Carmino, que tratou da aplicação de suas emendas impositivas.

Tudo aconteceu por conta do atraso do funcionário da Câmara que deveria ficar responsável pelo equipamento de som durante a referida Audiência Pública, fato esse que deixou, segundo testemunhas, a Vereadora Fátima Carmino transtornada ao ponto de constranger a assessora do Vereador e Presidente da Câmara, Geraldo Alencar Filho e conotar o ocorrido como uma sabotagem ao seu trabalho de parlamentar.

Geraldo Alencar Filho retrucou com veemência tais afirmações e condenou a atitude da Vereadora Fátima Carmino de constranger a sua assessora, fato esse que rendeu uma advertência verbal, registrada em ata contra a Vereadora do PT. ``Em nenhum momento a presidência da casa quis prejudicar o trabalho e a audiência pública de ninguém. Fiquei triste com o episodio porque a minha assessora ficou constrangida pelas palavras da Vereadora Fátima Carmino, que chegou a fazer ameaças de chamar a imprensa se não aparecesse algum funcionário para controlar o equipamento de som``, pontou Geraldinho.

Geraldinho citou em voz alta o Artigo do Regimento Interno da Câmara que versa sobre a falta do decoro parlamentar para justificar a sua decisão de advertir verbalmente a Vereadora, Fátima Carmino. ``O Vereador que descumprir deveres inerentes ao seu mandato ou praticar ato que afete a sua dignidade estará sujeito a um processo disciplinar previsto nesse regimento em código de ética e decoro parlamentar``.

Ao final da sessão a Vereadora, Neta Castelo Branco (DEM) retrucou as ofensas proferidas contra a sua pessoa pela Vereadora Fátima Carmino (PT), em uma sessão anterior. ``Queria aproveitar o momento das minhas explicações pessoais para falar que a senhora foi injusta comigo e eu não pude interferir. A senhora foi injusta quando disse que eu estava toda boazinha para pedir o seu voto. A senhora não tem coração não Vereadora, Fátima. No lugar do seu coração tem um pedaço de moela``, pontou Neta Castelo Branco.

``A senhora jogar na minha cara um voto que me deu no dia primeiro de janeiro na situação que eu estava, é muita crueldade, mas isso é um direito de V.Exa. A senhora nunca gostou de mim nessa casa. A senhora dizia que era oposição até ao ex-prefeito Florentino, por isso seria oposição ao prefeito Mão Santa, quando todo mundo na prefeitura falava pelos corredores que a senhora fazia oposição ao ex-prefeito Florentino porque ele não tinha lhe devolvido a Superintendência de Cultura. Se isso é verdade ou não Vereadora Fátima, eu não sei``, disse.

A sessão ordinária da próxima terça-feira (19), pelo visto promete fortes emoções com o segundo round desse embate.

Fonte: Walter Fontenele
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 18/12/2017 às 23:56