Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Campo Maior inaugura a Penitenciária Nelson Mandela

Nas primeiras horas da madrugada desta quinta feira (14/09), a Secretaria de Justiça inaugurou a Penitenciária Regional Nelson Mandela em Campo Maior e deu inicio ao recebimento de presos na nova unidade prisional que tem capacidade para receber 160 detentos.

A penitenciária estava com inauguração programada para o mês de outubro, mas teve que ser antecipada devido a necessidade quanto ao recebimento de novos presos oriundos da Central de Flagrantes em Teresina que estava superlotada com quase 70 presos.

De acordo com o secretário de Justiça, Daniel Oliveira, essa é mais uma etapa do plano de modernização do sistema penitenciário do Piauí. ``Esse é um plano que passa necessariamente por articular e garantir a ampliação de vagas. Nós ampliamos agora 160 vagas hoje, em 2015 também foram criadas outras 160, e a perspectiva também é no ano que vem já inaugurar cadeia pública de Altos com 600 novas vagas. A ideia é que possamos trabalhar nessa ação a normalidade das delegacias, como a Central de Flagrantes, com essa unidade que começa a operar hoje já de forma emergencial``, afirmou.

``Nós temos um diálogo muito transparente com a Polícia Civil e Secretaria de Segurança, a ideia é que a polícia vai continuar prendendo, o poder judiciário também vai continuar dando as ordens de prisão e nós vamos garantir o respeito e a custódia desses detentos nas nossas atribuições legais``, disse.

A medida visa garantir a continuidade do protocolo de segurança no que se refere a prisões e recebimentos de presos em unidades penitenciarias. O gerente do presidio, Thanack Hitler da Silva Costa, pontua: ``Por determinação do Secretário de Justica assumimos nesta madrugada a direção desta unidade. Estamos sempre à disposição para servir ao Estado e garantir o cumprimento da Lei ``

Sobre o andamento da greve dos agentes penitenciários, o secretário Daniel Oliveira disse não entender o motivo da paralisação. ``Nós estamos em um país, um Estado com dificuldades financeiras. Hoje a principal tarefa é garantir a folha de pagamento em dia, esse ano os nossos servidores já tiveram um outro reajuste de 6,29% e nós não compreendemos o porque desse greve se levarmos em conta que o agente penitenciário do Piauí tem um dos maiores salários do Brasil``, declarou.

Fonte: Meio Norte
Foto: meio Norte
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 14/09/2017 às 15:34