Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Iniciada a liberação de recursos para reestruturação dos postos de saúde

Após um longo processo de levantamento de dados e análises, foi liberado ontem (13), por meio de licitação, o pedido para aquisição de equipamentos e demais provimentos para reestruturar as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Parnaíba que foram entregues, em sua maioria, sucateadas.

O secretário de Saúde, Valdir Aragão, informou que uma das áreas mais críticas é a odontológica, uma vez que os consultórios dos dentistas apresentam vários problemas. ``Encontramos a saúde pública de Parnaíba em estado de calamidade pública. Desde que assumimos a saúde estamos correndo contra o tempo para sanar todas essas dificuldades, mas devido à demora dos trâmites legais, primeiro temos que fazer licitações, que são analisadas e depois dessa etapa é que os pedidos são feitos. Por exemplo, na maioria dos postos de saúde faltam várias peças e estão com defeito, mas não podemos simplesmente ir até as lojas e comprar. Tem um protocolo a ser seguido e tudo isso demora e, por isso, não podemos colocá-los para funcionar de forma imediata, mas tudo já está se encaminhando em muito em breve tudo estará resolvido``, pontuou.

Aragão destacou ainda que há médicos em todas as unidades com a vinda dos 13 profissionais do programa ``Mais Médico``. O secretário explicou também que sua meta e a do prefeito Mão Santa, é focar o trabalho na porta de entrada, que são as unidades básicas de saúde, pois de acordo com ele, grande parte das enfermidades pode ser resolvida no posto de saúde. ``Se o profissional atender e examinar corretamente, de forma humanizada, teremos um grande avanço. Aos exames solicitados chegarem as nossas mãos, poderemos fazer um serviço a nível ambulatorial, sem precisar encaminhar tudo para um especialista. Assim conseguiremos diminuir as grandes filas tanto no Dirceu Arcoverde, quanto no Pronto Socorro``, explicou.


Quanto ao Posto de Saúde da Baixa do Aragão, o médico informou que os trabalhos já estavam bem adiantados, com a implantação das portas, sanitários e pias que haviam sido roubadas. No entanto, devido um problema em parte do teto de gesso que acabou desabando, ele está pensando em substituí-lo por um forro de outro material. ``Hoje vou sair em campo com o engenheiro Tiago que irá avaliar toda a estrutura para darmos vazão a essa demanda e então inaugurá-lo``, garantiu.

Fonte: ASCOM / PMP
Foto: ASCOM / PMP
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 14/02/2017 às 12:42