Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Camarote para o ``super Bowl`` custa mais de R$ 1 milhão

No próximo domingo, dia 5 de fevereiro, todas as atenções do esporte estarão voltadas para o NRG Stadium, palco do Super Bowl 51, entre Atlanta Falcons e New England Patriots. O confronto tem o melhor ataque contra a melhor defesa da NFL. Além da chance de um título inédito para Matt Ryan e os Falcons, Tom Brady e Bill Belichick, uma das maiores duplas de quarterback e técnico na história da Liga, estão em busca do seu quinto título, algo jamais alcançado por um quarterback ou técnico na história da NFL. São muitos atrativos para o confronto. Por isso o interesse dos torcedores é grande. Resultado dessa procura se reflete no preço dos ingressos para a partida.

Quem quiser acompanhar de perto o Super Bowl 51, em Houston, no Texas, terá que tirar o escorpião do bolso e desembolsar uma boa grana para comprar o bilhete em algum site oficial de revenda. O ingresso individual mais barato para assistir ao jogo no estádio não sai por menos de dois mil dólares (cerca de R$ 6.290), segundo o site de revendas StubHub, em um dos ``piores`` lugares do NRG Stadium, nas seções mais altas, mais longe do campo.

O fã mais animado e com um pouco (ou muito) mais de dinheiro, pode optar por um camarote com comida e bebida incluída, além de uma das melhores vistas para o campo. Para isso, terá que desembolsar até 17.500 dólares (cerca de R$ 55.200). Um camarote fechado no NRG Stadium custa 434 mil dólares (cerca de R$ 1.300.000,00). Ele comporta 26 pessoas e ainda dá direito a oito vagas de estacionamento. Há outros camarotes menores, para 24, 20 e 10 pessoas.

De acordo com o site de comercialização de bilhetes SeatGeek, a média do preço de revenda dos ingressos para o Super Bowl 51 é de 5.101 dólares (cerca de R$ 16 mil), isto há uma semana do jogo. Após as semifinais de conferência, quando Dallas Cowboys e Houston Texans, times do estado do Texas, foram eliminados, o preço médio dos bilhetes caiu mais de mil dólares, mas voltou a subir após a definição dos confrontos das finais da AFC e NFC, com times de muita tradição, Steelers, Packers e Patriots, além dos Falcons buscando sua primeira conquista.

Para o Super Bowl, a NFL distribuiu os ingressos dessa maneira: 17,5% dos bilhetes são para os fãs de cada time finalista (Atlanta e New England), 5,0% para a torcida do time da casa (Houston Texans), 34,8% para os demais torcedores e 25,2% ficam com a NFL para distribuir para patrocinadores e jornalistas.

Fonte: G1.com
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 30/01/2017 às 19:14