Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Seduc é entregue com dívida de quase 6 milhões de reais

De 2013 a 2016 a Secretaria de Educação de Parnaíba (Seduc), acumulou um débito de R$ 5.819.329,15 (cinco milhões, oitocentos e dezenove mil, trezentos e vinte e nove reais e quinze centavos) com fornecedores de merenda, obras de reforma de escolas, transporte, combustível, material de expediente, aquisição de livros infantis, aluguéis e gás de cozinha, entre outros.

Conforme explicou o secretário executivo da Seduc, Eliaquim Nunes, para atender a grande demanda da educação, a cidade recebe uma verba federal que deve ser complementada pelo município. No entanto, durante os quatro anos em que o PT esteve no comando de Parnaíba, essa contrapartida foi negligenciada, deixando os débitos em aberto. ``Em toda a logística que envolve a educação encontramos débitos assustadores. Nos quatro anos de gestão do prefeito Florentino, ele foi acumulando débitos. Agora o nosso desafio é fazer uma política de austeridade, de fiscalização e controle dos gastos para evitar que o município de Parnaíba permaneça nessa condição de inadimplência. Isso dificulta até negociações. Daqui a pouco ninguém vai querer mais contratar com o município de Parnaíba pelo seu histórico de devedor. Queremos mudar essa realidade e torná-lo um bom pagador``, assegurou Nunes.

Ele declarou que o atual secretário da Fazenda, Paulo Airton, travou uma grande luta nos primeiros dias de administração deste ano para quitar a folha de pagamento dos servidores, deixada em aberto pelo antigo prefeito. Ainda de acordo com ele, há um esforço muito grande para que o funcionalismo público receba seus salários em dia. ``Esses débitos antigos serão resolvidos juridicamente, pois o ex-prefeito vai responder junto ao Tribunal de Contas. Todo gestor deve prestar contas ao Tribunal e ele vai responder por esses débitos deixados em sua administração``, afirmou.

Fonte: Luzia Paula
Foto: Luzia Paula
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 08/01/2017 às 11:14