Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


A maldição da Câmara dos Vereadores

Uns dizem que é lenda, outros que é uma maldição, mas a verdade é que existe uma estatística alarmante para os ex-vereadores que tentam, a todo custo, voltar a assumir uma cadeira do Legislativo de Parnaíba.

O retrospecto histórico da política parnaibana mostra que, com raras exceções, um vereador que perde uma eleição, não consegue mais se eleger novamente ao parlamento do Município. As raras exceções à regra foram os ex-vereadores: Candinho e João Câncio Neto, mas não sem antes gastar fabulas de dinheiro em suas campanhas.

Ao longo da nossa história política foram muitos os ex-vereadores que se aventuraram em uma nova empreitada e foram rejeitados nas urnas: Elias Farias e Cabo Ancelmy Lopes são apenas dois exemplos desses desafortunados.

Os candidatos a uma das vagas no parlamento de Parnaíba para a próxima eleição de outubro de 2.016, ainda não foram todos confirmados. Existe uma grande quantidade de pré-candidatos, mas que ainda precisam passar pelo crivo dos seus respectivos partidos para serem oficialmente candidatos. Mesmo sem confirmação oficial, um nome certo para tentar se eleger mais uma vez Vereador de Parnaíba, mesmo tendo perdido a eleição passada, é do advogado, Reinaldo Santos Filhos, o popular Renaldinho. Outro que depois de décadas afastado do Legislativo e que já faz campanha como o seu velho slogan: ``o número tá trás`` é Osmar Linhares.

Num ponto todos os analistas políticos oficiais e, os de mesa de botequim, concordam. Devido ás mudanças da minirreforma, essa será uma eleição atípica. Uma das mudanças mais significativa foi o tempo de campanha, que passou de 90 para 45 dias. A mudança na redução do tempo de campanha trás consigo muitas outras modificações implícitas e que poderão mudar o cenário político de Parnaíba, principalmente, ao cargo proporcional de Vereador. Com o tempo reduzido pela metade, as campanhas tenderão a ficarem mais baratas, possibilitando assim que candidatos, menos abastados, lutem quase de igual pra igual, com as velhas raposas felpudas da nossa política.

O que podemos ver nas Redes Sociais e nas rodinhas de amigos é uma vontade crescente de mudanças significativas. Muitos eleitores já falam abertamente que não é mais admissível reeleger vereadores caducos e que já moram no Legislativo há mais de 20 anos, como por exemplo: Beto Castelo Branco, João Câncio Neto, Gerivaldo... O certo é que, eleição se define no dia da votação, esse é outro ditado popular bem antigo. Mas, se o sentimento de revolta de boa parte dos eleitores se confirmarem nas urnas, haverá boas chances de termos um Parlamento quase que totalmente de caras novas.

Fonte: Walter Fontenele
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 28/05/2016 às 13:20