Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Câmara dos Vereadores, a sogra desrespeitada

Sabe aquele cara que vai à casa da sogra pela primeira vez? Cabelo bem feito, unhas impecáveis, camisa bem passada, todo esbelto e num cheiro só? A sogra ao olhar o genro, imagina: ``Que belo genro minha filha arrumou pra mim. Ela soube escolher!``. Na hora da primeira refeição com a família da esposa, é o ultimo a servir-se, não antes de pedir licença a todos à mesa. Um verdadeiro Cavalheiro.

Passados 20 anos o genro de hoje não é nem a sombra do genro de outrora. O desleixo tomou conta daquele genro esbelto que, à época, foi considerado o melhor de todos os genros. Mesmo passados tantos anos, o genro ainda mantém alguns hábito, um deles é ir à casa da sogra 15 vezes por mês. Nem ele e, muito menos a sogra, gostam dessas visitas, mas o genro vê como obrigação. As visitas não são mais como antigamente. Hoje o genro, ideal do passado, chega desarrumado, com a camisa amassada e com os calcanhares de fora do tênis. Hoje ele não é mais aquele genro esbelto e, sua silhueta, passa longe dos padrões de beleza nesses tempos de cultuar o corpo. Os modos de educação também ficaram pra trás. Hoje ele é o primeiro a se servir na hora da refeição, pouco se importando com as outras pessoas da família. Alguns familiares da sogra dão como certo o divorcio. Ele mesmo sabe que existe um risco iminente de isso acontecer, mas enquanto não acontece, ele vai continuar usufruindo da receptividade da casa da sogra.

O mais impressionante dessa triste história real, é que, mesmo estando longe do que antes fora, o genro ainda gosta de alardear que é muito bem quisto pela sogra e pelos os seus familiares. Arrota que ninguém irá fazer com ele se desentenda de vez com a sogra, afinal de contas, onde a sogra irá encontrar outro genro tão bom, atencioso e educado como ele?

Mas, toda história real ou fictícia tem dois lados. Na verdade, nem a sogra e, muito menos os outros integrantes da família, aguentam mais tantos descasos por parte do genro. A sogra já anda reclamando do genro por toda a cidade, o que pode levar ao rompimento total da união até o final do ano. A sogra espera por esse momento ansiosamente.

    Fonte: Walter Fontenele
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 16/05/2016 às 18:49