Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Estudantes secundaristas e universitários reivindicam melhorias no Transporte Público

Os estudantes universitários e secundaristas fizeram-se presente nessa última sexta-feira (13), na Câmara Municipal de Parnaíba, para participar e reivindicar melhorias no Transporte Público e dizer, ``não``, ao aumento abusivo nos preços das passagens, que foi aprovado pela Prefeitura Municipal de Parnaíba.

A Tribuna Livre foi solicitada por um grupo de estudantes universitários e secundaristas de várias instituições de ensino de nossa cidade e concedido pelo Presidente da Câmara, Gustavo Lima.


Toda essa problemática com relação ao transporte público de Parnaíba já foi discutida por inúmeras vezes no Legislativo de nossa cidade, sem que nenhuma solução, na prática, fosse apresentada pelo Poder Público Municipal.

Há uns dias o Presidente do Sindicato dos Motos Taxistas, Paulo Izidoro, juntamente com uma grande comitiva de profissionais da área, esteve reunido com os Vereadores em busca de solução para a regulamentação da categoria. Depois de algumas horas de debates, os motos taxistas saíram desanimados ao ouvirem da Procuradora do município, Aline Gibson, que, devido à existência de uma liminar que concede entrave ao sistema de transporte em Parnaíba, a Prefeitura estava impossibilitada de resolver os problemas do setor de transporte público de nossa cidade.

Na última sessão ordinária do mês de maio, foi à vez dos estudantes universitários e secundaristas ocuparem as dependências da Câmara dos Vereadores para reivindicar melhorias na qualidade do transporte e para reclamar do aumento de preço abusivo das passagens, autorizado pelo Executivo de Parnaíba.

Os estudantes Patrick Masullo, Luísa Ferreira e Francisco Abraão foram autorizados pelo Presidente da Câmara, Gustavo Lima, a se pronunciarem na Tribuna Livre do Legislativo para que pudessem explanar os problemas e apresentar soluções para a melhoria do transporte público. Durante 10 (dez) minutos a estudante do Polivalente, Luísa Ferreira, expôs as dificuldades e os constrangimento a que os alunos são obrigados a passar diariamente no interior dos ônibus, micro-ônibus e Vans da Coopetranp. Relatou que precisa pagar 4 (quatro) passagens todos os dias para se descolar de sua residência até a unidade de ensino, o que inviabiliza o orçamento familiar.

O estudante, Patrick Masullo, estudante do 1º período do curso de matemática da UFPI, discorreu por 20 (minutos) mostrando, através da apresentação de documentos, os graves erros encontrados na planilha de custos que foi apresentada pela Coopertranp, que numa primeira avaliação, propôs o aumento da passagem de R$ 1,50 para R$ 2,54, valor esse, abusivamente majorado, e que foi rejeitado pelo Prefeito de Parnaíba, Florentino Neto (PT).

Para tentar chegar a um denominador comum, Prefeitura e Conselho Municipal pediram uma auditoria na planilha de custos da Coopertranp. Depois de uma apuração minuciosa da planilha e a rejeição do valor final de R$ 2,54, a Coopertranp aceitou as reivindicações e propôs um novo número final para a passagem em Parnaíba, ficando em R$ 1.80, valor esse, segundo os estudantes, ainda fora da realidade da população.


Depois dos pronunciamentos dos representantes dos alunos foi à vez de alguns Vereadores fazerem uso da palavra, sendo o Vereador, Carlson Pessoa (PPS), bastante incisivo na culpabilidade do Executivo de Parnaíba. Segundo ainda o parlamentar, ``é preciso que os alunos lutem para assumir a Presidência da, ACEP, pois essa associação não representa a classe estudantil em Parnaíba.``

Ao final ficou acertada uma reunião, nessa terça-feira (17), com o Prefeito, Florentino Neto, juntamente com os representantes dos estudantes e alguns Vereadores para que se possa chegar a uma solução viável para todos.





Fonte: Walter Fontenele
Foto: Walter Fontenele
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 14/05/2016 às 13:46