Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Campanha em redes sociais prega a não reeleição de quem já tem mandato

Embora ainda um tanto tímida começa a ganhar corpo nas redes sociais uma campanha no sentido da não reeleição dos atuais detentores de mandato, como forma também de livrar o país de erros cometidos por aqueles políticos que se elegem e se reelegem diversas vezes, tornando-se profissionais da política, esquecendo-se que o povo lhes concede o mandato para servir os interesses coletivos ao invés de interesses pessoais ou escusos, prática comum nos dias atuais.

Embora se saiba que as reeleições se dão porque os eleitores colaboram para tal, a pergunta que todos fazem é a seguinte: há retorno para a sociedade do dinheiro que é gasto para manter esses políticos renovando seus mandatos? O trabalho que eventualmente realizam tem influência direta na melhoria da qualidade de vida da população?

Aqui em Parnaíba, por exemplo, pelo menos 5 vereadores vão pleitear o 6º ou 7º mandato. São eles: João Câncio Neto, eleito no mesmo ano em que Mão Santa se elegeu, em 1988. Vai para o 7º mandato, porque perdeu a eleição em 2004, quando o ex-prefeito José Hamilton se elegeu pela segunda vez; Vereadores Geraldo Alencar Filho e Ronaldo Prado. Embora tenha disputado as eleições também em 88, não lograram êxito, mas foram eleitos a primeira vez em 1992, quando José Hamilton disputou seu 1º mandato à Prefeitura, e nunca mais perderam. Vão para o 7º mandato. Já os Vereadores Beto e Gerivaldo Benício, eleitos em 1996, junto com o ex-prefeito Moraes Sousa Filho, também não mais perderam mandatos. Este ano estão disputando o 6º mandato.

Há uma tradição na Câmara Municipal de Parnaíba de que quem é derrotado numa eleição não mais se elege, o que não foi o caso do vereador João Câncio Neto. Derrotado em 2004 elegeu-se na eleição seguinte e se mantém com mandato até os dias atuais. O ex-vereador Cândinho, que já não mais disputa eleições também foi exceção, visto que, quando as disputava, chegou a sofrer uma derrota e se elegeu novamente depois. Dentre os que perderam e não mais voltaram, embora continuem na disputa, estão: José Maria Pinto, Evalto Linhares, Gentil Linhares, dentre outros.

Dos atuais, afora os citados acima, os demais vereadores estão disputando o 2º ou o 3º mandato. É o caso de Gustavo Lima, Neta Castelo Branco, Antônio Cardoso, vão para a terceira eleição, enquanto Ricardo Véras, Renatinho da Cepisa, Diniz, Fátima Carmino, Foguinho, Astrogildo, André Neves, Bernardo Rocha e Carlson Pessoa vão pleitear o 2º mandato.

Meu Pitaco

Se dos 17 vereadores que hoje forma o Legislativo de Parnaíba, apenas 4 (quatro) ou 5 (cinco) realmente merecem estar ali, como é que o restante dos vereadores caducos sempre conseguem se reeleger? Na prática todos, sem exceções, utilizam-se do velho e bom populismo barato, das distribuições de brindes, quentinhas, cafés da manhã, religamentos de serviços públicos e na distribuição de dinheiro vivo aos seus ``eleitores``.

Só para que fique bem claro. Eleitor que vende o voto não merece consideração e políticos que compra menos ainda.

Fonte: Bernardo Silva
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 12/03/2016 às 13:00