Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Diesel S10 chega aos postos

Vendido a partir do inicio de janeiro, o diesel S10 substitui o jÁ¡ conhecido diesel S50. Quem jÁ¡ comercializava o S50, precisa apenas substituir esse produto pelo novo diesel. Aqueles que nÁ£o vendiam o diesel menos poluente e pretendem comercializÁ¡-lo devem segregar um tanque, uma bomba e um sistema de filtragem, alÁ©m de realizar uma cuidadosa limpeza antes de receber o produto.

O QUE Á‰ O S10?

O “S” vem de enxofre e o nÁºmero 10 sinaliza a quantidade desse elemento no combustÁ­vel. Ou seja, o novo diesel contÁ©m 10 partes por milhÁ£o de enxofre, uma mudanÁ§a radical se comparado ao diesel utilizado nas regiÁµes interioranas atualmente, o S1800, com 1.800 partes por milhÁ£o de enxofre. Trata-se de um combustÁ­vel de Áºltima geraÁ§Á£o, jÁ¡ vendido na Europa e fundamental para reduzir a emissÁ£o veicular. Estima-se que, quando utilizado nos veÁ­culos novos, hÁ¡ uma reduÁ§Á£o de 10% a 15% na emissÁ£o de material particulado e NOx. O S10 garante melhor partida a frio e reduÁ§Á£o de fumaÁ§a branca, por exemplo. O novo diesel traz tambÁ©m benefÁ­cios relacionados Á  proteÁ§Á£o do motor, com relaÁ§Á£o ao desgaste e Á  formaÁ§Á£o de depÁ³sito. O perÁ­odo de troca de lubrificantes pode ainda ser um pouco mais estendido.

QUEM PODE USAR?

Todos os veÁ­culos a diesel podem rodar com o S10, velhos ou novos. Entretanto, aqueles com o novo motor Euro 5 deverÁ£o abastecer somente com S10. Se o consumidor insistir, de imediato o posto deve recusar a venda ou exigir que o consumidor assine um termo de responsabilidade, no qual o proprietÁ¡rio do veÁ­culo reconhece que foi orientado, mas mesmo assim quis abastecer com combustÁ­vel diferente do especificado, assumindo assim qualquer Á´nus por eventuais defeitos apresentados pelo veÁ­culo.



    Fonte: Sindcomb
    Foto: Divulgação
    Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
    Postada dia 22/01/2013 às 16:40