Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


A renuncia de um Presidente Americano

Os EUA não é um país perfeito - até mesmo porque a perfeição é uma utopia - mas, em muitos casos, principalmente, no judiciário às Leis são duras e são cumpridas, diferentemente do Brasil.

Em 1972, o Washington Post noticiou um roubo que havia sido cometido na sede do partido democrata, no complexo Watergate, na capital dos EUA, roubo esse que ficou conhecido como: Caso ``Watergate``. Durante a campanha eleitoral daquele ano, 5 (cincos) pessoas foram detidas quando tentavam fotografar e instalar aparelhos de escutas ilegais na sala do partido Democrata.

Dois repórteres do jornal Washington Post iniciaram uma investigação e concluíram que os fatos ocorridos tinham ligações com a Casa Branca.

Em agosto de, 1974, Richard Nixon, então Presidente do EUA renuncia ao cargo. Não houve manifestações, não houve brigas e agressões, não houve depredação de prédios públicos nem privados... Em suma, não houve nada, apenas a renuncia de um Presidente eleito, mas que sabia que aquela atitude ínfima, do roubo de documentos, não seria aceita pelo Congresso Americano e muito menos pelo povo.

Paradoxalmente, nós estamos vivendo hoje no Brasil uma situação parecida, no tocante a deposição de um Presidente, mas nos fatos em si, totalmente diferentes, como não poderia deixar de ser.

Enquanto nos EUA o Presidente renunciou - porque se não fizesse seria cassado da mesma forma - no Brasil a Presidente, Dilma, envolvida até os cabelos da cabeça em casos e casos de corrupção e de improbidade administrativa continua posando de ``santa``. O pior dessa história de terror é que, uma parte da população defende a mandatária com: unhas, dentes e armas. Por outro lado os congressistas da base aliada são comprados - com dinheiro público o que é qualificado como outro crime - , para não deixa-la cair. E a oposição?, bom, os oposicionistas, provavelmente, por terem o rabo preso, se fingem de morto pra melhor passar.

Se o Brasil fosse um país sério - o que, infelizmente não é - no primeiro indicio de irregularidade contra a Presidente, Dilma ela já teria sido deposta.

Fonte: Walter F. Fontenele / Portalphb
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 07/03/2016 às 14:32