Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


O gestor e o mosquito da Dengue

Admiro a vereadora Fátima Carmino, mas não posso concordar com o posicionamento da edil quanto ao combate ao mosquito Aegdes aegypti.

É lógico que é importante conscientizar e educar às pessoas quanto às boas práticas sanitárias, ao controle de suas residências e ao devido destino do lixo residencial, mas tirar a responsabilidade do gestor Municipal e transferir essa responsabilidade para os munícipes é algo totalmente sem noção.

Combater doenças e pragas antes delas aparecerem seria o ideal, mas nós sabemos que, no Brasil, isso não funciona. O brasileiro é culturalmente mal educado quando se trata de preservar e de manter sua comunidade sempre cuidada e limpa. Exemplos disso podemos ver todos os anos em, São Paulo, quando o lixo jogado pela janelas das residências entorpem os bueiros e afetam ainda mais o problema das enchentes. Mesmo sabendo que boas práticas de educação evitariam muitos males dos brasileiros, o gestor municipal não pode simplesmente virar às costas para o problema e fazer de conta que não tem nada com isso. Tem sim.

Infelizmente falta coerência em alguns posicionamentos quando o assunto é política. Não importa se o vereador é contra ou a favor do gestor, o vereador é funcionário público para cuidar da coletividade e não ficar defendendo o indefensável, como bem frisou o vereador, Carlson Pessoa.

Portanto, Florentino neto (PT), se o carro fumacê não pode ser usado, pois prejudica a saúde das pessoas, principalmente, crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas, que se procure outro meio de combater esse mosquito.

Fonte: Walter Fontenele / Portalphb
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 13/02/2016 às 00:25