Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


O dilema da vida

Quando você chega a meio século de vida poucas coisas chegam realmente a nos surpreender. Estou até agora me questionando se à atitude que tomei foi certa ou errada.

Hoje, agorinha mesmo, por voltas das 13h30, uma senhora bem abatida pelo tempo e pelo sofrimento, bateu á minha porta. Pelo desespero dela pensei que tivesse sido roubada, atacada ou que estivesse tendo algum problema de saúde. Corri pra conferir. Na verdade ela tinha realmente sido atacada, mas era pela angustia e o desespero de mãe. Falou quase sem conseguir proferir as palavras certas, mas ela queria R$ 10,00. Achei estranho, é difícil algum pedinte chegar a sua porta já com um valor estipulado para pedir, geralmente eles aceitam qualquer quantia, mesmo as mais insignificantes. Isso me intrigou. Depois de conversar um pouco ela me disse: ?Não vou mentir não, meu senhor, esse dinheiro é para o meu filho comprar drogas. Ele tá louco, levou um monte de besteiras para trocar, mas o homem da boca não quis. Ele voltou mais louco ainda e falando em matar e se matar?

Nessas horas passam mil e uma coisas em nossas cabeças. Pensamos nos filhos que, graças a Deus, não passam por esse tipo de provação. Pensamos se é certo dar dinheiro para alguém se drogar. Mas, e se não dermos e ele cometer uma loucura, tivemos a chance de, talvez, evitar o pior e não fizemos. Sei muito bem que cada um de nós é responsável pelos atos que praticamos, mas, confesso, o dilema é grande.

No final não me furtei à responsabilidade e dei o dinheiro para ela, ou melhor, para ele.

Fonte: Walter Fontenele / Portalphb
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 13/01/2016 às 15:58