Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Oficial de Justiça mata namorada e tira a própria vida, após briga

Homem mata a namorada e depois se mata por volta das 12h desta sexta-feira (11) na Rua Hildebrando Bacellar Mendes, no Bairro São Judas Tadeu, em Parnaíba. Os envolvidos são o oficial da Justiça do Trabalho Júlio César Brandão, conhecido ?Julião? e sua namorada Kênia Nunes.

Segundo informações da polícia, ele atirou contra sua namorada e depois se matou utilizando um revólver. Vizinhos dão conta de que foram ouvidos disparos dentro da casa. Em seguida, dois caseiros, que estava na residência, acionaram a Polícia Militar.

Conforme informações da polícia, o fato aconteceu no momento em que o casal teve uma discussão na sala Júlio quando disparou com a arma de fogo contra a mulher. A bala atravessou a lente dos óculos que ela carregava na blusa e atingiu o peito. Um caseiro tentou reanimar Kênia, mas já havia morrido.

Diante da situação Júlio César foi para um quarto onde foram ouvidos mais disparos. Quando os caseiros correram para o compartimento encontraram o advogado morto. Ele efetuou um tiro na boca que saiu pelo crânio e atingiu o forro da casa.

Após o isolamento, a Perícia Criminal registrou e fez a coletada de dados. Segundo o juiz federal do Trabalho, José Carlos Vilanova, o oficial Júlio trabalhava na Comarca de Piripiri e fará o comunicado.

Disse ainda que ele chegou a falar algo parecido do que ocorreu. Nas redes sociais, Júlio se lamentava da indiferença das pessoas. Os corpos foram removidos para o Posto Avançado do IML de Parnaíba.

Fonte: Daniel Santos / Proparnaíba
Foto: Daniel Santos / Proparnaíba
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 11/09/2015 às 23:21