Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Raízes do Nordeste representa Parnaíba em Festival de Dança de SC

Sem patrocínio e com apoio de amigos, o grupo cultural de Parnaíba, Raízes do Nordeste, irá participar da 33ª edição do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina.

O Raízes foi o único grupo do Nordeste classificado dentre os cinco que irão competir na categoria danças populares sênior. Nessa, houve mais de 40 coreografias, 20 foram reprovadas, 13 apenas para palcos abertos e 5 para competição. O trabalho escolhido simula uma luta tribal usando como arma dois bastões chamados de esgrimas, com os quais os bailarinos desferem e aparam golpes no ritmo da música.

Para a coreógrafa do grupo, Fabiana Reis, a classificação é de extremo orgulho. ``Em pensar que aquele grupo de fundo de quintal iria participar de um dos maiores festivais de dança do mundo, é de extremo orgulho pelo trabalho que estamos desenvolvendo. Só temos a agradecer a Deus pela oportunidade e por todos os amigos que nos ajudaram a chegar até aqui. Iremos fazer história para a cidade de Parnaíba``, declara. Fabiana Reis destaca também todo o esforço que o grupo irá dispensar para participar de um festival de grande porte. ``Estamos conseguindo levar nove integrantes com o apoio apenas dos amigos, vendas de rifas, bingos, utilizando o cachê de nossas apresentações. Temos uma dívida até 2016 em passagens, mas todo sacrifício vale muito a pena, sem dúvidas``, conta.

História - O grupo cultural Raízes do Nordeste nasceu na comunidade de Ilha Grande, Parnaíba-PI. Atua há 12 anos na arte da dança, configurando-se como um grupo de resistência da referida comunidade. Sua primeira formação se deu em agosto de 2003, com o nome PFTM, que tinha as iniciais dos nomes de quatro adolescentes: Priscila, Fabiana, Tatiana e Mariana. O grupo atualmente é formado por 12 jovens, sendo Fabiana Reis a coreógrafa.

O ano de 2006 ficou marcado para o grupo, pois foi a primeira vez que atravessaram a ponte Simplício Dias para uma apresentação no Centro da cidade, dentro do Circuito Cultural Jovem. A partir daí participaram de diversos festivais e saíram vencedores na maioria. Com o trabalho Maculelê, iniciado em 2014, o grupo ficou com o 1º lugar na Regional Norte e Nordeste Passo de Arte em Fortaleza e no Festival de dança de Teresina. Além disso, receberam o prêmio de melhor conjunto de dança popular do evento.

Maculelê também integrou os projetos do Sesc: Dança e Movimento, Miscelânea das Artes, Vamos ao Teatro, Março de Artes Cênicas e Intercâmbio Cultural com o Balé Popular de Recife dentro do Palco Giratório 2015. E em julho deste ano participou da 23ª Competição Internacional Passo de Arte em Indaiatuba - SP.

Dentre outros prêmios, o grupo já venceu em Parnaíba o Festival Estudantil de Identidade Cultural do Piauí, de 2008 a 2010, e dois quarto lugares em Teresina desse mesmo festival em 2009 e 2010 dentre as 21 escolas do estado do Piauí. Em 2012, recebeu o prêmio ANU da Central Única de Favelas (Cufa) do Rio de Janeiro. O título veio porque o grupo é responsável pelo Projeto Faça uma Criança Sorrir, que leva atividades culturais para meninos e meninas de comunidades carentes.




Fonte: Diário do Povo
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 27/07/2015 às 12:52