Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Uespi perde Mestrado por falta de estrutura e professores cobram reforma

A falta de estrutura no campus da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) impediu a instalação de um Mestrado na área de Tecnologia no Estado. Segundo professores do Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU), o prédio precisa de reforma física e administrativa para evitar perda de alunos e servidores.

Ao todo, são 29 professores e 460 alunos matriculados nos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação, que dividem apenas 10 salas de aula. ``O ideal seria 30 salas no CTU. Por conta disso, os alunos precisam assistir aulas em outros centros da universidade, mais distantes. Essa estrutura fragmentada do prédio impediu a instalação de um Mestrado na área de Tecnologia no Piauí``, revelou o professor Anchieta Araújo.

Mesmo com problemas estruturais, os cursos de Engenharia têm avaliação positiva junto ao MEC. Porém, o número de vagas ofertadas tem diminuído ao longo dos anos. ``E, por conta disso, estamos perdendo as cabeças pensantes para outras instituições e para outros estados. Nossos melhores profissionais, formados na Uespi, estão atuando em mercados fora daqui. Quem perde é o Piauí``, lamenta o professor Marcos Carvalho.

A situação do CTU da Uespi foi discutida durante reunião com a presença do deputado federal Rodrigo Martins (PSB), o reitor da instituição, Nouga Cardoso, e professores dos três cursos ofertados no Centro. ?`` estrutura desse prédio foi reaproveitada e adaptada, o que impede a acomodação de todos os alunos, servidores e professores do Centro. Além de ser antigo, carece de acessibilidade.``, afirma Nouga, que reconhece o esforço do Governo do Estado.

Fonte: Blog do Bernardo Silva
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 06/06/2015 às 12:32