Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Disputa entre vereador e Diretor da TV, tem episódio de invasão do Legislativo Parnaibano.

Há algumas semanas vem sendo veiculada na imprensa de Parnaíba e do Estado do Piauí, reportagens acerca de uma pendenga entre o vereador Carlson Pessoa e o Diretor da TV Delta e blogueiro, Marcio Bikanka.

As referidas reportagens dão conta que, o vereador Carlson Pessoa e sua assessoria Jurídica, estariam beneficiando-se e explorando várias famílias do loteamento Planalto Montserrat, com cobranças indevidas de honorário advocatício que, na verdade, teriam sido oferecidos gratuitamente pelo vereador. Por outro lado, o vereador Carlson Pessoa acusa a TV Delta, que é do Governo do estado do Piauí, e o seu Diretor, Marcio Bikanka de terem montado uma farsa, com direito a impostor e tudo mais, para incriminá-lo e desmoralizá-lo perante a população de Parnaíba e as muitas famílias do Planalto Montserrat.

Um Pouco de História


Segundo informações que obtivemos as referida terras, que hoje engloba o Planalto Montserrat, teriam sido doadas, em 1976, ao Sr. José Cesário, que, em 1978, teria vendido as mesmas ao Sr. Roberto Bloder, que na época era vice-prefeito da gestão do prefeito Batista Silva.

Como podemos constatar a história é bem mais antiga e complicada do que poderíamos imaginar, deixando ainda muitas dúvidas no ar: Quem é o beneficiário da referida doação, o Sr. José Cesário? A doação teria sido realizada dentro da legalidade? Por que o prefeito da época, Batista Silva, teria autorizado tal doação? A venda das terras pelo Sr. José Cesário ao então vice-prefeito, Roberto Bloder, ocorreu dentro da Lei? São muitos os questionamentos que devem ser apurados, de preferência com a participação do MP, através do nobre promotor de justiça, Antenor Filgueira.

Os Carnês


Segundo ainda informações que obtivemos os referidos carnês, que foram distribuídos às famílias de moradores do Planalto Montserrat como forma de custear os mais de 300 processos impetrados pela assessoria jurídica do vereador Carlson Pessoa, foram confeccionados pelo assessor jurídico do vereador Carlson Pessoa, Daniel Nogueira, a título de honorários, portanto, segundo ainda a mesma fonte, essas custas estão dentro das normas estabelecidas e aprovadas pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Em conversa com o vereador Carlson Pessoa, ele admitiu saber dos carnês e que teria sido informado pelo seu assessor jurídico, Daniel Nogueira, da referida cobrança, mas negou peremptoriamente que seja beneficiário de tais cobranças, bem como que os contratos realizado pelo seu assessor, Daniel Nogueira, tenham sido assinados em seu gabinete na CMP, deixando claro ainda que esses contratos começaram a ser assinados e cobrados a partir de setembro de 2013. Na ocasião o vereador fez questão de frisar que são mentirosas as acusações que ele, ou alguns de seus familiares, tenham sidos beneficiados com lotes de terra no referido loteamento Planalto Montserrat, como alguns veículos de comunicação e algumas pessoas estão divulgando.

A Invasão


Um dos últimos capítulos dessa pendenga, mas não o último, aconteceu na primeira sessão do Legislativo de Parnaíba, quando o Diretor da TV Delta e blogueiro, Marcio Bikanka, invadiu e interrompeu a sessão e a fala do vereador Carlson Pessoa que, naquele momento, explanava suas considerações e explicações acerca das denuncias veiculadas pela TV Delta, e que, segundo o vereador, foram denuncias montadas e maquiadas para denegrir sua imagem de parlamentar e de cidadão.

Na ocasião da referida invasão o Diretor da TV Delta, Marcio Bikanka teria distribuído folhas do carnê de cobrança aos outros vereadores e, em alguns momentos, chegou a colocar o dedo em riste na direção do vereador Carlson Pessoa, postura essa de imediato reprovada pelo presidente da casa o vereador, Gustavo Lima.

O vereador Carlson Pessoa disse-me ainda que, não medirá esforços para que a verdade seja restabelecida, que é uma questão de honra colocar tudo em pratos limpos para que à população de Parnaíba saiba, sem sombras de dúvidas, com quem está à verdade dos fatos, prometendo levar todos os processos impetrados por sua assessoria jurídica as últimas instâncias da justiça brasileira.

Portanto, vamos esperar o desenrolar das investigações e das apurações dos fatos. O importante é que todas as denuncias sejam investigadas e, que os culpados sejam punidos, doa a quem doer, segundo ainda palavras do vereador Carlson Pessoa.




Fonte: Walter F Fontenele / Portalphb
Foto: Divulgação
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 06/06/2015 às 11:17