Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Primeira sessão do mês de junho por pouco não vira tumultuo

A sessão ordinária que iniciou os trabalhos do legislativo municipal do mês de junho, tinha tudo para ser normal. Não fosse o episódio que vai entrar para a história como uma das sessões mais quentes da Câmara de Parnaíba.

O vereador Carlson Pessoa (PSB), líder da oposição na casa, usou as explicações pessoais para rebater denúncias, que foram direcionadas à ele e sua assessoria jurídica. As denúncias foram exibidas na TV Delta e no portal de notícias do Diretor da emissora. De acordo com o material publicado e levado ao ar, Carlson estaria se beneficiando de cobranças feitas pelo advogado Daniel Nogueira que defende a causa dos moradores do Planalto Montserrat em uma disputa sobre a propriedade das terras.

Carlson exibiu parte da reportagem produzida pela TV Delta no telão da Câmara, onde mais de 30 moradores do Planalto Montserrat assistiram o conteúdo. O vereador disse que o diretor da emissora pública, comete um crime ao distorcer o verdadeiro papel do veículo de comunicação do governo do estado, ao direcionar material ?jornalístico? com acusações de cunho pessoal.

Ainda de acordo com Carlson Pessoa, a situação piora porque ?o material está sendo patrocinado com dinheiro público? acusa. Como forma de punir o que vem sendo feito, o vereador disse que vai entrar na Justiça contra a emissora, e que vai acionar também o Ministério Público e a Presidência da Fundação Antares, à quem a Delta é afiliada.

Durante o pronunciamento de Carlson, o diretor da emissora Márcio de Brito adentrou o plenário da Câmara, distribuindo Xerox de material relacionado ao caso dos moradores do Planalto Montserrat. Carlson então, apontou para o diretor e disse ?Senhores e Senhoras, eis aí o denunciante?, neste momento, Márcio foi vaiado pelos moradores presentes no plenário.

Visivelmente enfurecido com o mal clima causado, o diretor ergueu um boleto bancário e disse ?Esse boleto, não é de mentira, é de verdade? e saiu da Câmara sob gritos. O Presidente da Câmara Gustavo Lima (PTB), acionou a sirene de ordem para que o equilíbrio fosse restabelecido na casa.

Pitaco

Sou amigo pessoal do vereador Carlson Pessoa(PSB) e conheço o Diretor da TV Delta Marcio Bikanka dos muitos eventos que já participamos juntos nos últimos anos. Porém, não quero aqui defender A ou B e sim esclarecer que sou adepto da verdade e, que ela deva prevalecer sempre. As denúncias, tanto de um lado como do outro, são graves e merecem toda a apuração pelos órgãos competentes. As denuncias que uma reportagem montada e maquiada foi veiculada por um órgão do governo do Estado é algo gravíssimo que, infelizmente, não é um caso isolado, pois vemos isso em várias épocas da história recente do Brasil, portanto, que apure-se e que os culpados sejam exemplarmente punidos, coisa que eu duvido muito num país comandado por uma quadrilha de bandidos. Agora, se o vereador Carlson Pessoa tiver culpa no cartório, como afirma a tal reportagem, que sofra com as sanções legais e cabíveis.

O povo de Parnaíba merece que a verdade seja desmascaradas para que possa avaliar o que está em jogo nesse disputa.

Eu, particularmente, não acredito que os assessores do vereador fossem ser tão ingênuos ao ponto de fazer cobranças de serviços jurídicos, serviços esse que tinha sido disponibilizado gratuitamente pelo vereador em prol dos moradores daquele comunidade. Agora, reitero, que as denuncias sejam apuradas e que os culpados sejam punidos.
,

Fonte: Tiago Mendes
Foto: Tiago Mendes
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 02/06/2015 às 12:36