Portalphb - Portal de Notícias de Parnaíba,Piauí,Brasil


Quadrilha Rei Cangaço anuncia encerramento de suas atividades

Noiva da Rei Cangaço, Vanessa Menezes, envia nota à Imprensa declarando o fim das atividades do grupo. E pede ajuda à sociedade parnaibana.


Vanessa Menezes, integrante do Centro Cultural Rei do Cangaço e secretária executiva do mesmo, declara em nota à imprensa, a triste realidade, de um dos maiores grupos culturais do Piauí.


Segundo Vanessa: as dividas, falta de apoio financeiro do poder público, demora na entrega da premiação do São João da Parnaíba e ausência de patrocínios do setor privado, ocasionaram o fim dos trabalhos desse grupo, que tem uma história de garra, superação e brilhantismo.


O Centro Cultural Rei do Cangaço, vem há mais de 15 anos, alegrando e orgulhando a cidade de Parnaíba. Com seus shows impecáveis e ganhadores de inúmeras premiações, tem sido sempre destaque no cenário cultural não só de Parnaíba, mas de várias regiões do nordeste. Pois vem ganhando prestígio e vários prêmios em festivais em várias regiões até mesmo fora do Piauí. Vanessa termina fazendo um apelo aos parnaibanos: Para que se manifeste e não deixem que fique extinto esse patrimônio cultural de nossa cidade por que não dizer do nordeste.

O Show não pode parar!
Triste realidade cultural de Parnaíba



O Centro Cultural Rei do Cangaço deu o fim em suas atividades, era algo um tanto previsto, mas jamais calculada a tamanha dor que causaria. O motivo é a situação financeira com muitas dívidas impossibilitando a continuação da mesma.


A notícia pegou muitas pessoas de surpresas e muitos não acreditam ainda que não verão mais a apresentação do grupo nos arraias e nos festivais juninos, culturalmente falando o cenário junino perde um grande atrativo, grupo que na qual leva o nome da cidade no peito e na raça e mesmo assim desvalorizado por parte do setor público e também por que não dizer privado? A prefeitura de Parnaíba deixou de efetuar o repasse (ajuda de custo) das quadrilhas agravando mais ainda a situação da Rei do Cangaço sem falar na demora da premiação do São João da Parnaíba na qual a de 2014 veio sair no mês de dezembro, fazendo com que complique mais ainda, pois a mesma faz empréstimos correndo juros altíssimos mensalmente.

Há mais ou menos uns cinco anos atrás a cidade de Parnaíba tinha em média de doze grupos alegrando as festividades juninos e hoje com a desistência da Rei do Cangaço, somente três estão na atividade lutando para permanecer, a duras penas, no âmbito cultural. Quadrilha Rei do Cangaço fizera no ano de 2014 quinze anos de história, muitos títulos conquistados... Só na cidade de Parnaíba são doze e também campeã estadual no ano de 2012. Representou e levou o nome de Parnaíba e do Piauí a vários municípios e estados, arrastando multidões por onde passava.

Enfim, o que ainda se pode fazer para reverter essa situação? Nada mais que a união de todos que acreditam na importância de manter vivo um grupo que já nos deu tanta alegria e orgulho. A população parnaibana bem que poderia se manifestar, estudantes de turismo (UFPI) poderiam mobilizar ações para reverter esse cenário, já que tem ideia da importância da existência de um grupo como este se manter vivo, e aos empresários que muito podem fazer, vejam com um olhar de que a esperança não pode morrer e façam com que essa triste noticia não passe de uma crise a fim de que possamos vislumbrar mudanças para transformar esse pesadelo em um final feliz.


Por:Vanessa Menezes, noiva da Quadrilha Rei do Cangaço

Fonte: Parnaíba em Nota
Foto: Walter F. Fontenele
Edição: Walter F. Fontenele/PortalPhb
Postada dia 12/01/2015 às 13:45